2024 será o ano em que o grupo InnoWave passa a ser IA Driven

2024 será o ano em que o grupo InnoWave passa a ser IA Driven

18 Visualizações
0

Com o princípio “People First” já enraizado na cultura organizacional da InnoWave, a empresa tecnológica tem em curso uma revolução inteligente. A InnoWave acredita que o ano de 2024 será o início de uma nova era para o grupo, que tem como objetivo tornar-se IA Driven, ou seja, toda a organização será impulsionada pela tecnologia inteligência artificial (IA). O objetivo é que a toda a estrutura beneficie das potencialidades da IA, permitindo aos colaboradores focarem-se no que realmente importa: o pensamento estratégico, a criatividade e a tomada de decisões complexas.

A visão estratégica da InnoWave será partilhada por Gabriele Rachello, CTO InnoWave, amanhã (22 de fevereiro), no evento Building the Future, em Lisboa.

Com uma abordagem inovadora e progressiva, a InnoWave está a implementar soluções de IA em todas as suas áreas de atividade. “Nesta fase, a tecnologia IA implementada em alguns departamentos da InnoWave já apresenta resultados significativos, como por exemplo, ganhos de produtividade notáveis, redução do tempo de entrada no mercado, diminuição do trabalho manual, facilitação da componente de multilinguagem e melhoria na precisão do planeamento. Neste momento, estamos a utilizar IA em diversas áreas, incluindo Recursos Humanos, Finanças, Vendas e Marketing”, sublinha Gabriele Rachello, CTO InnoWave.

A InnoWave está a integrar a IA em várias áreas-chave de empresa para impulsionar a eficiência e a inovação. Na gestão de Recursos Humanos, utiliza IA para identificar os talentos mais promissores. No departamento financeiro, a IA é aplicada na geração de conteúdos e análise dos números mensais. Já no setor de vendas, o foco vai para a geração de leads e previsões através da plataforma CRM, enquanto no Marketing, a IA é utilizada na criação de conteúdos. Por exemplo, a newsletter mensal, Tech Insights, inclui um vídeo completamente gerado através de IA que descreve o conteúdo.

Ao longo do ano, a InnoWave pretende lançar várias iniciativas para integrar a IA em todos os aspetos das suas operações, incluindo o desenvolvimento de software. Na área de consultoria de TI, a InnoWave pretende também disponibilizar aos programadores as ferramentas de IA, seja para gerar código, automatizar processos ou explorar novas oportunidades.

“A verdadeira inovação acontece quando combinamos o poder da IA com a habilidade humana. Para a InnoWave, a IA e as pessoas são complementares e juntas podem alcançar resultados extraordinários. Na nossa visão, baseada no princípio People First, juntamos a IA e criamos o conceito de Human Centric IA. Acreditamos que a IA sem pessoas não faz sentido”, refere Gabriele Rachello.

O grupo InnoWave defende que a IA é uma tecnologia positiva que não deve ser vista como algo negativo, mas que, para tal, deve haver regras e regulamentos que todos cumpram. “É importante nesta jornada mudar a cultura e o mindset das pessoas que fazem parte das organizações. No nosso grupo, defendemos e implementamos a Safe IA. Existe um conjunto de passos que devem ser respeitados e que permitem utilizar a IA seguindo as boas práticas – lei IA Act, por exemplo. A InnoWave tem esse conhecimento e rege-se pelas regras da Safe IA”, explica o CTO InnoWave.

A InnoWave está comprometida em continuar a sua jornada em direção a uma transformação impulsionada por IA, de forma transversal a todos os clientes em qualquer sector de atividade. “A InnoWave já está a trazer essa revolução para clientes no sector da energia e estamos preparados para partilhar e implementar o nosso conhecimento nos nossos clientes”, conclui Gabriele Rachello.

Sobre o autor

Fernando Costa

O Fernando é o diretor do InforGames. O seu primeiro computador foi o ZX Spectrum, e foi aqui que começou a interessar-se pelo mundo dos videojogos. Apesar de já ter jogado em várias plataformas, o PC continua a ser a sua plataforma de eleição. No que diz respeito a jogos, gosta de estratégia, corridas e luta.

O teu email não será publicado. Os campos de preenchimento obrigatório estão assinalados*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.