4 Conselhos para compras mais seguras nesta época festiva

4 Conselhos para compras mais seguras nesta época festiva

56 Visualizações
0

Cada vez mais pessoas optam pelas compras online devido à sua conveniência, praticidade e poupança de tempo. Ao mesmo tempo, com o aumento do comércio eletrónico, os burlões aproveitam os períodos de grande consumo, como o Natal, a Black Friday ou a CyberMonday, para atuar.

Assim, numa altura em que estes criminosos recorrem a novas técnicas devido ao maior interesse e urgência dos consumidores em encontrar ofertas especiais, a Visa, na sua mais recente edição do `Holiday Edition Threats Report´, compilou alguns dos principais tipos de ciberataques detetados para que os consumidores portugueses possam estar prevenidos. Assim, destacam-se técnicas como o phishing, que consiste no envio de e-mails que se fazem passar por empresas ou organismos públicos e solicitam informações pessoais e bancárias ao utilizador; ou o skimming, em que o burlão rouba os dados do cartão utilizado no momento da transação, com o objetivo de o reproduzir ou clonar para depois o utilizar de forma ilegal. Os cenários mais comuns em que o skimming ocorre são nos locais de venda ou nas caixas automáticas (ATM).

“Os autores de fraudes aproveitam especialmente estas épocas de grande consumo, como o Natal, para efetuar tentativas de fraude”, afirma Gonçalo Santos Lopes, Country Manager da Visa em Portugal. “Na Visa, estamos empenhados na segurança e fiabilidade dos nossos utilizadores, com a promessa de monitorização de ameaças 24 horas por dia, 7 dias por semana, mesmo durante a época mais movimentada do ano.”

Para os consumidores que não abdicam de fazer as suas compras de Natal nesta altura, as melhores práticas para uma compra segura incluem:

  • Comprar em comerciantes conhecidos: Limitar-se a marcas de confiança e bem conhecidas. Caso considere comprar numa loja desconhecida, faça uma pesquisa para verificar a sua reputação e autenticidade.
  • Proteger as informações pessoais: Confirmar que o website utiliza tecnologia segura. No momento da compra, o website deve começar por “https://”. O “s” significa seguro e que os dados estão a ser encriptados e enviados através de uma ligação segura.
  • Evitar redes Wi-Fi públicas para fazer compras: As redes Wi-Fi públicas são frequentemente pouco seguras, o que facilita o roubo de informações por parte de piratas informáticos. Nos momentos de compras, deve ser sempre utilizada uma ligação à Internet segura e privada.
  • Ter cuidado com ofertas `demasiado boas´: As ofertas em websites e em mensagens de correio eletrónico não solicitadas podem muitas vezes parecer demasiado boas para serem verdadeiras, especialmente quando apresentam preços extremamente baixos em artigos difíceis de obter. Os consumidores devem sempre desconfiar deste tipo de ofertas.

Na Visa, a segurança e a fiabilidade são uma prioridade máxima durante todo o ano. Nos últimos cinco anos, a empresa investiu mais de 10 mil milhões de dólares em tecnologia com o objetivo de reduzir a fraude e aumentar a segurança da rede. E só nos primeiros seis meses de 2023, a Visa ajudou a bloquear proativamente 27 mil milhões de euros em fraudes, evitando que muitos soubessem que estavam em risco de uma potencial transação fraudulenta.

Sobre o autor

Fernando Costa

O Fernando é o diretor do InforGames. O seu primeiro computador foi o ZX Spectrum, e foi aqui que começou a interessar-se pelo mundo dos videojogos. Apesar de já ter jogado em várias plataformas, o PC continua a ser a sua plataforma de eleição. No que diz respeito a jogos, gosta de estratégia, corridas e luta.

O teu email não será publicado. Os campos de preenchimento obrigatório estão assinalados*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.