Analise – Rato AOC GM510

52 visualizações
0

Recentemente, tivemos a testar o AOC GM510, um rato gaming muito leve que oferece um desenho peculiar com um padrão de favo de mel iluminado por LEDs vermelhos AOC que dão um efeito verdadeiramente sugestivo. E é sobre ele que vamos escrever esta análise.

Este é um modelo recentemente apresentado pela divisão de jogos da AOC. A sua peculiaridade é certamente o desenho que o distingue de todos os seus antecessores.

Especificações Técnicas

  • Botões: 6, incluindo Kailh switches com uma duração de vida de 80 milhões de cliques
  • Conectividade: USB 2.0
  • Sensor: Pixart PMW3389
  • DPI: 16000 DPI
  • Polling Rate: 1000Hz, 1ms
  • Aceleração: 50G
  • Material do cabo: Nylon entrançado
  • Comprimentos do Cabo: 1,8m
  • Dimensões: 123 x 67 x 41 mm
  • Peso:8g

Desenho e Construção

A construção é toda em plástico e é muito sólido, apesar da escolha do desenho traseiro em “favo mel”. Embora à primeira vista pareça bastante leve e frágil, este AOC GM510 é bastante resistente. Graças aos LEDs RGB inseridos dentro da estrutura, veremos o interior do rato iluminar-se, criando um efeito de luz original e diferente do habitual, com o logótipo AOC ao centro.

AOC GM510

Também os botões são de boa qualidade, especialmente a roda e os dois botões principais. De lado encontramos dois outros botões que são os clássicos “Page Up” e “Page Down” por defeito. Finalmente temos um último botão no topo do rato para ajustar o DPI. Estes últimos são um pouco menos cuidados, mas também são muito menos utilizados. O cabo USB é bem comprido (1.8m) e coberto de nylon, o que não emaranha tanto.

AOC GM510

Ergonomia e usabilidade

O rato está otimizado para utilizadores destros e deve dizer-se que cabe bastante bem na mão. Graças à combinação de leveza e qualidade de construção, a sensação ao toque é excelente e não teremos qualquer problema em movê-lo facilmente sobre a mesa. Por outro lado, funciona muito bem, mesmo sem o uso de tapete.

As teclas do AOC GM510 dão um bom feedback, especialmente as duas principais, como previsto. A roda faz o seu trabalho como deve. Fluida, mas com passos bem marcados. Graças ao ajuste do EPI, podes adaptar a capacidade de resposta do sensor às tuas necessidades. Em qualquer caso, o sensor ótico é excelente e reage bem.

Experiência do utilizador

Mais do que discreto como um rato de escritório, obviamente estamos a falar de um produto mais virado para o gaming, feito para gerir movimentos rápidos e repentinos. Graças ao DPI ajustável, é bem adequado tanto para títulos de ritmo rápido, tais como FPS, RPG ou MOBA, mas também para jogos de estratégia ou simuladores onde a alta velocidade não é necessária, mas sim precisão.

Testei o rato em três títulos destintos, no jogo de tiro CS:GO, no MMORPG Black Desert e num jogo que estratégia que já me acompanha à muitos anos e que ainda hoje gosto de jogar, Transport Tycoon. Neste último, após algum tempo a jogar, comecei a sentir a mão um pouco cansada devido à curvatura do rato, talvez se os botões fossem um pouco mais altos, isto já não acontecia. Provavelmente, para quem tem mãos grandes irá sentir desconforto em sessões longas de uso.

Conclusão

O GM510 da AOC é um excelente rato gaming especialmente para aqueles que procuram um rato muito leve com bom desempenho. Talvez o preço de €40 euros ainda seja um pouco elevado.

Agradecemos à AOC, pela cedência do rato AOC GM510 para teste.

 

8.0

Nota final

Gostamos
  • Boa resposta dos botões principais
  • Leveza
  • Qualidade de construção
  • Desenho original e simples
Não gostamos
  • Falta um pouco de ergonomia
  • Preço
Sobre o autor

Fernando Costa

É o fundador da InforGames. Começou a ter interesse pelos videojogos através do Spectrum +2 128k. Gosta de jogos de Estratégia, Corridas e Luta. Apesar de já ter jogado em várias consolas, o PC continua a ser a sua plataforma de eleição!

O teu endereço de email não será revelado. Campos obrigatórios estão marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.