Análise – Road 96

8 visualizações
0

Os jogos gerados por procedimentos são excelentes para oferecer constantemente aos jogadores algo único, garantindo que dois jogadores não tenham uma experiência idêntica. No entanto, é essa aleatoriedade completa que muitas vezes pode limitar o que um jogo pode fazer narrativamente. Com Road 96, a Digixart oferece um jogo profundamente guiado pela história que também beneficia da sua mecânica gerada aleatoriamente.

Road 96 passa-se no verão de 1996 e conta a história de vários adolescentes que têm o mesmo objetivo, fugir de Petria, uma nação onde os cidadãos sofrem sob um regime opressor. Numa caminhada até à fronteira, os jogadores percorrerão diferentes estradas, que os levarão a um elenco diversificado de personagens com diferentes motivações e histórias que se entrelaçam. Todos os caminhos em Road 96 são gerados aleatoriamente, determinando quais as personagens que irás encontrar e quais os obstáculos que irás enfrentar. Mesmo com a natureza aleatória do seu design, fiquei bastante impressionado com o quanto as histórias individuais em Road 96 se fundem. Os personagens de Road 96 são bastante interessantes e realmente gostei de passar algum tempo com eles e aprender mais sobre os mesmos. O jogo captura perfeitamente a essência de uma viagem pelo país, de conversas sem sentido para passar o tempo a conversas mais profundas sobre a vida e o propósito de cada personagem. O ecrã de progressão de Road 96 é bom para acompanhar o status das tuas viagens. Neste ecrã, os jogadores podem ver a quantos quilómetros estão de chegar à fronteira, bem como um apanhado das suas relações com os personagens que encontraram até agora.

A decisão do jogador durante o jogo tem um grande impacto em como a narrativa se desenrola. Por exemplo, houve um caso em que tinha $30 dólares e tive que decidir se deveria seguir a pé, chamar um táxi, apanhar o autocarro ou pedir boleia até meu próximo destino. Essa escolha aparentemente simples teve um impacto profundo sobre a minha viagem e quem encontrei pelo caminho. No decorrer do jogo existem muitas outras decisões que irão afetar a forma como os outros personagens surgem e interagem com o jogador.

Para além da gestão de recursos e dinheiro, Road 96 combina uma variedade de elementos de jogabilidade diferentes através de minijogos. Quer estejas a jogar um jogo de ritmo para usares um instrumento, a enfrentar alguém num jogo de mesa ou a jogar um jogo clássico de arcada, Road 96 oferece aos jogadores um pouco de tudo, (houve uma altura até joguei quatro em linha).

Em qualquer viagem que faças de carro, podes ouvir alguma música decente para manter a energia. E Road 96 tem uma ótima biblioteca de música, com canções criadas por artistas da vida real de todo o mundo. A música abrange diversos géneros e é inspirada nos sucessos que dominaram as rádios dos anos 90. A música não é apenas uma parte do jogo, é parte integrante da experiência de Road 96.

A nível gráfico, Road 96 é visualmente impressionante, gostei de como os produtores usaram as cores e iluminação para dar mais vida aos vários ambientes. Alguns exemplos disso foi observar o nascer do sol e sentar-me perto de uma fogueira à noite. O jogo não é uma maravilha gráfica, mas o seu estilo de arte funciona bastante bem.

Resumindo, Road 96 é um jogo de aventura recheado de personagens fascinantes. Todos tem uma história, e o jogo faz um excelente trabalho em entrelaçar essas histórias de uma maneira interessante. O uso da música e do estilo de arte do jogo também ajuda a elevar a experiência.

hotel Produtora: DigixArtcontrol Género: Aventura
settings Editora: DigixArtplayers Jogadores: 1
cross platform Plataforma: Switch, PCcalendar Data de lançamento: 16 de agosto de 2021

 

O código Steam para análise, foi cedido gentilmente por Jesús Fabre.

8.5

Author's rating

Nota final

Gostamos
  • Personagens Fascinantes
  • Narrativa envolvente
  • Excelente banda sonora
  • Cada decisão tem um impacto na história
Não gostamos
  • Experiência de jogo curta
Sobre o autor

Fernando Costa

É o fundador da InforGames. Começou a ter interesse pelos videojogos através do Spectrum +2 128k. Gosta de jogos de Estratégia, Corridas e Luta. Apesar de já ter jogado em várias consolas, o PC continua a ser a sua plataforma de eleição!

O teu endereço de email não será revelado. Campos obrigatórios estão marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.