Demo de Another Code: Recollection para a Nintendo Switch já está disponível

Demo de Another Code: Recollection para a Nintendo Switch já está disponível

30 Visualizações
0

A investigação está prestes a começar. A partir de hoje, os jogadores podem embarcar numa misteriosa aventura, graças à demo gratuita de Another Code: Recollection para a Nintendo Switch.

O jogo completo será lançado na sexta-feira, dia 19 de janeiro, mas os jogadores podem começar a sua investigação antecipadamente, com uma demo gratuita disponível agora na Nintendo eShop. A demo apresenta o capítulo inicial de Another Code: Two Memories, o primeiro de dois jogos em Another Code: Recollection. A demo permite que os jogadores comecem a sua aventura mais cedo e o seu progresso será transferido para o jogo completo.

Na demo, os jogadores acompanham Ashley – uma jovem órfã – após ela receber uma carta do  seu pai, que acreditava estar morto. A carta desencadeia uma série de mistérios que a levarão à misteriosa e remota Blood Edward Island em busca de respostas.

Another Code: Recollection apresenta duas aventuras envoltas em mistério, totalmente reformuladas para a Nintendo Switch. Another Code: Two Memories e Another Code: Journey into Lost Memories. Descobre o passado e desvenda a verdade oculta de ambas as aventuras, com gráficos melhorados, ambientes totalmente exploráveis, novas locuções, quebra-cabeças e música. Foram também adicionados sistemas opcionais de dicas e de navegação para ajudar os jogadores a resolver os mistérios e a descobrir para onde ir e o que fazer a seguir.

Sobre o autor

Fernando Costa

O Fernando é o diretor do InforGames. O seu primeiro computador foi o ZX Spectrum, e foi aqui que começou a interessar-se pelo mundo dos videojogos. Apesar de já ter jogado em várias plataformas, o PC continua a ser a sua plataforma de eleição. No que diz respeito a jogos, gosta de estratégia, corridas e luta.

O teu email não será publicado. Os campos de preenchimento obrigatório estão assinalados*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.