Incubeta apresenta relatório de tendências de marketing digital para 2024

Incubeta apresenta relatório de tendências de marketing digital para 2024

20 Visualizações
0

O mundo digital está a preparar-se para um novo cenário em 2024, impulsionado por fatores externos, mudanças no comportamento do consumidor, um ambiente VUCA (Volatilidade, Incerteza, Complexidade, Ambiguidade) e avanços tecnológicos inovadores.

A Incubeta, empresa de marketing digital com mais de 20 anos de experiência, dedicada a impulsionar o crescimento dos negócios através da utilização de data, apresenta a sua mais recente análise do setor do marketing digital, enumerando as principais tendências online para o próximo ano.

No seu relatório anual intitulado “2024: A Year of Data“, a agência global e parceira da Google disponibiliza informações detalhadas sobre como a data será o eixo central nos próximos doze meses. O relatório, desenvolvido com o contributo de especialistas nas áreas de tecnologia, analytics, criatividade e marketing digital a nível global, detalha como a data influenciará a IA, a privacidade, a personalização, a eficiência orçamental e a medição digital.

O Ano da Data

No início de 2023, 87% dos anunciantes consideravam data o seu “ativo mais subutilizado”. A maioria das empresas tem agora acesso a sistemas de data que antes só estavam disponíveis para grandes organizações. Em 2024, as empresas que não aproveitarem estes sistemas de data serão esmagadas pelos concorrentes que o fizerem. Assim, como uma marca usa os seus dados em 2024 fará a diferença entre prosperar, sobreviver ou perecer.

Guilherme Coelho, County Manager da Incubeta em Portugal, afirma que: “Acreditamos que o ano onde os dados irão estar no primeiro plano chegou. Com o fim das third party cookies, teremos de apostar na prata da casa, os nossos dados. Se não houver uma estratégia adequada, as marcas estarão perdidas, num mercado cada vez mais competitivo. “

De acordo com este relatório da Incubeta, em 2024 os anunciantes concentrar-se-ão numa estratégia de data, para a integração no marketing (DataDriven Marketing (DDM)) e para melhorar a recolha de dados da própria empresa (First Party Data). A integração estratégica destes elementos permitirá às empresas oferecer experiências personalizadas, melhorar o envolvimento do cliente e tomar decisões informadas com base numa análise de dados sólida.

Tendências do digital para 2024

Impacto de data na Inteligência Artificial (IA)

A inteligência artificial fez rápidos avanços na Inteligência Artificial (IA) generativa. No entanto, será que as marcas têm realmente uma compreensão suficientemente profunda da IA? A maioria das estruturas organizacionais é incapaz de lidar com a IA eficazmente e há pouca ou nenhuma clareza sobre como esta pode ser usada para análise, otimização e personalização.

Data e inteligência artificial devem ser trabalhadas em conjunto para que se possa aproveitar verdadeiramente o seu potencial. Em 2024 haverá um maior foco nas estruturas de dados, na sua implementação efetiva e no aumento das soluções de IA “caixa negra” (à medida que as grandes empresas de tecnologia aceleram o seu apoio ao marketing orientado para a IA).

Data Privacy e Compliance

À semelhança do que tem acontecido na última década, a privacidade será um foco fundamental, especialmente com o desaparecimento dos cookies de terceiros e uma maior regulamentação legislativa globalmente. Embora a privacidade ainda seja vista por muitos como uma limitação, e não uma oportunidade para construir relações lucrativas com os utilizadores que optam por partilhar os seus dados, é provável que as marcas passem a adotar tecnologias que lhes permitam superar os seus concorrentes, respeitando o direito das pessoas à privacidade.

Data Analysis para eficiência orçamental

Em 2024, as perspetivas económicas levam todas as unidades de negócio a concentrarem-se na rentabilidade. Assim, as marcas deverão reavaliar as prioridades de marketing e investir em áreas que irão impulsionar o crescimento. As estratégias orçamentais serão cuidadosamente monitorizadas visando maximizar os lucros mediante uma atribuição eficiente de recursos. Haverá ainda um enfoque no investimento em canais comprovados, na criação de novos fluxos de receitas e na identificação e eliminação de desperdícios.

Data Personalization

O mass marketing permite experiências personalizadas com base no que os consumidores desejam. Em 2024, IA e data tornam-se as alavancas para alcançar este nível de personalização, pois permitem revelar os comportamentos dos clientes, orientar as estratégias de marketing e conseguir assim que os profissionais adaptem o conteúdo às preferências individuais.

Em 2024, espera-se que as marcas consigam o equilíbrio certo entre a gestão das expectativas dos consumidores – que, embora esperem personalização, exigem também clareza sobre a forma como os seus dados são recolhidos, utilizados e protegidos – e a execução de um marketing responsável. Para tal, é essencial concentrarem-se no enriquecimento de data.

Data Measurement e Attribution

Prevê-se uma mudança para projetos de data mais robustos e mensuráveis, à medida que as marcas vão procurando uma maior maturidade digital e visibilidade, assim como uma compreensão mais profunda da primary data alinhada com os principais objetivos comerciais. Prevê-se que o foco seja a eliminação de cookies, a aposta em soluções de medição sólidas e a desfragmentação.

Sobre o autor

Fernando Costa

O Fernando é o diretor do InforGames. O seu primeiro computador foi o ZX Spectrum, e foi aqui que começou a interessar-se pelo mundo dos videojogos. Apesar de já ter jogado em várias plataformas, o PC continua a ser a sua plataforma de eleição. No que diz respeito a jogos, gosta de estratégia, corridas e luta.

O teu email não será publicado. Os campos de preenchimento obrigatório estão assinalados*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.