Minsait apoia ANACOM na organização de dados com projeto de data governance

Minsait apoia ANACOM na organização de dados com projeto de data governance

12 Visualizações
0

A Minsait, uma empresa da Indra, anuncia a conclusão bem-sucedida de um projeto de definição do modelo de Data Governance para a Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM), com vista a potenciar a transparência e democratização dos dados, através de um programa que permitiu definir a organização de dados para estruturar a futura migração de transformação digital.

Atualmente em fase de evolução do seu paradigma tecnológico, a ANACOM considerou necessário repensar a organização de dados ao nível da acessibilidade, assim como  nos procedimentos que envolvem a produção de informação, tornando-os analiticamente mais eficientes e menos complexos, melhorando a qualidade e integridade dos dados.

Este é um ótimo exemplo de um projeto bem-sucedido que envolveu a organização da ANACOM, na definição de um conjunto de procedimentos para que os dados passem a estar organizados e estruturados de forma a acompanhar o futuro desta entidade, com procedimentos claros e workshops que ajudam a compreender qual o caminho que têm de seguir na definição de um modelo de data governance”, explica Raquel Monteiro de Carvalho, Gestora de Conta da Minsait.

Identificado o desafio do projeto – definição do modelo de governação e de gestão dos dados da ANACOM, que permitisse alcançar um conjunto de objetivos, com relevo para a democratização do acesso aos mesmos, de forma autónoma e independente, a abordagem da Minsait incluiu a definição de um modelo de Data Governance & Data Management & Arquitecture Tecnology.

“Para garantirmos a gestão necessária e correta da informação existente na ANACOM, de forma segura, efetiva e eficiente, demos corpo a uma ação estratégica através de diversos projetos de onde se destaca a ação/projeto de redefinição do modelo de governação e gestão de dados da ANACOM, ação que foi apoiada pela empresa Minsait, refere David Jorge, gestor do projeto por parte da ANACOM.”

O modelo criado visa garantir que a ANACOM gere corretamente os dados da organização, de acordo com os procedimentos e boa práticas definidas; otimiza os processos de gestão de dados e metadados; que contribui para a melhoria do desempenho e gestão da integração dos dados, tornando-os mais fiáveis; além da segurança e confidencialidade dos dados, através da capacidade para responder de forma eficaz aos requisitos de segurança e confidencialidade de dados em vigor, ou mesmo os que possam vir a surgir no futuro.

“Em conjunto com a definição do modelo, contámos com uma série de workshops com objetivos e tarefas bem definidas, e que contou com a presença de stakeholders chave, o que potenciou o sucesso deste projeto e lhes permitiu obter um maior nível de maturação sobre este tema”, acrescenta Raquel Monteiro de Carvalho da Minsait.

O projeto de consultoria desenvolvido pela Minsait para a ANACOM pretendeu ajudar na agilização de todo o processo de democratização dos dados de forma sustentável e contribuir para otimizar o processo de transformação de dados em informação.

Sobre o autor

Fernando Costa

O Fernando é o diretor do InforGames. O seu primeiro computador foi o ZX Spectrum, e foi aqui que começou a interessar-se pelo mundo dos videojogos. Apesar de já ter jogado em várias plataformas, o PC continua a ser a sua plataforma de eleição. No que diz respeito a jogos, gosta de estratégia, corridas e luta.

O teu email não será publicado. Os campos de preenchimento obrigatório estão assinalados*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.