Cloud Gaming poderá gerar receitas de mais de $6 mil milhões de dólares até 2024

11 visualizações
0

O Cloud Gaming é o novo impulso na indústria dos videojogos. Devido a vários motivos, os jogadores começaram a mudar-se para o Cloud Gaming. Não é à toa que o Cloud Gaming cresceu significativamente nos últimos anos. De acordo com os números apresentados pelo SafeBettingSites.com, as receitas anuais do Cloud Gaming atingirão os $6,3 mil milhões até 2024.

De acordo com os números disponíveis no Statista, o Cloud Gaming contribuiu com $1,476 mil milhões de dólares para as receitas dos vídeojogos em 2021. O Cloud Gaming existe há mais de uma década, mas só chamou a atenção do público nos últimos dois a três anos. De acordo com os números, o Cloud Gaming gerou apenas $152 milhões em receitas durante 2019. Nos dois anos seguintes, o Cloud Gaming sofreu uma revolução, uma vez que as receitas anuais aumentaram em 870%.

Este rápido fluxo de crescimento no Cloud Gaming vai continuar nos próximos anos. Em 2024, a indústria deverá trazer $6,3 mil milhões de dólares em receitas. Este valor representaria um aumento de 327% durante o período de três anos de 2021 a 2024.

O Cloud Gaming funciona através do acesso a jogos em servidores remotos. O único requisito primário para o Cloud Gaming é uma ligação à Internet de alta velocidade. Assim, os jogadores não são obrigados a atualizar o seu hardware ou a comprar novas consolas para jogar os jogos mais recentes.

A principal razão por detrás da recente popularidade do Cloud Gaming é o acesso cada vez maior à Internet de alta velocidade. O fácil acesso à Internet de alta velocidade permitiu que empresas de jogos populares como a Sony, Microsoft, Amazon, etc., se concentrem nas suas ofertas baseadas na nuvem nos últimos anos. Todos os serviços de jogos populares como PlayStation Plus, Xbox Cloud Gaming, Amazon Luna, GeForce Now, e Google Stadia oferecem serviços de jogos baseados na nuvem no mercado atual.

O Cloud Gaming também recebeu um impulso devido à recente escassez de chips semicondutores. Devido a essa escassez, o mercado de jogos tem sido atormentado por uma escassez de consolas e componentes de alta qualidade para PC. Os jogadores têm dificuldade em deitar as mãos a consolas e componentes de PCs topo de gama. Assim, os jogadores mudaram para o Cloud Gaming de forma a poderem jogar os jogos mais recentes.

Podes ler o relatório completo com estatísticas e informações adicionais aqui.

Sobre o autor

Fernando Costa

É o fundador da InforGames. Começou a ter interesse pelos videojogos através do Spectrum +2 128k. Gosta de jogos de Estratégia, Corridas e Luta. Apesar de já ter jogado em várias consolas, o PC continua a ser a sua plataforma de eleição!

O teu endereço de email não será revelado. Campos obrigatórios estão marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.