Grupo Lenovo apresenta resultados do terceiro trimestre 2021/22

12 visualizações
0

O Grupo Lenovo anunciou os resultados trimestrais recordes para o Grupo, com máximos históricos tanto para lucros como para receitas e o primeiro trimestre de 20 mil milhões de dólares do Grupo. O foco da empresa na inovação e rentabilidade, apoiado pela sua excelência operacional, ajudou-a a navegar em desafios mais amplos da oferta da indústria e a proporcionar um rápido crescimento e rentabilidade em todos os principais grupos de negócios e geografias.

O desempenho da Lenovo apresentou melhorias significativas relativamente ao período homólogo no ano anterior. O resultado líquido cresceu a uma taxa superior a 50% pelo 6º trimestre consecutivo, com o terceiro trimestre a crescer 62% em termos homólogos, atingindo um recorde de 640 milhões de dólares. A margem de rendimento líquida melhorou quase um ponto, rumo ao objetivo do Grupo de duplicar em três anos. O rendimento antes dos impostos foi um recorde de 855 milhões de dólares, um aumento de 45% em termos homólogos, e as receitas do Grupo continuaram a sua forte trajetória de crescimento atingindo um recorde de 20,1 mil milhões de dólares, um aumento de 17% em termos homólogos.

A Lenovo continua a investir significativamente na inovação, com as despesas de I&D para o trimestre a crescerem 38% em termos homólogos, como parte do compromisso mais alargado da empresa em duplicar o este tipo de investimento ao longo de três anos. Os investimentos estão alinhados em conduzir a transformação contínua da Lenovo enquanto empresa de soluções e serviços, desenvolvendo tecnologias focadas na arquitetura completa de “New IT”, e de “Client-Edge-Cloud-Network-Intelligence”. Olhando para o futuro, a empresa continua focada na sua estratégia 3S (Smart devices/IoT, Smart Infrastructure, Smart Verticals) vendo oportunidades contínuas de crescimento sustentável e melhorias de rentabilidade em todas as áreas do negócio, mantendo-a no caminho certo para duplicar a margem líquida até ao final do ano fiscal de 2023/2024.

A Hang Seng Indexes Company Limited anunciou na semana passada que a partir de 7 de março de  2022, a Lenovo será incluída como uma ação constituinte no Hang Seng Index – o indicador de ações de referência de Hong Kong.

Destaques Financeiros:

               

3º trimestre 21/22

US$ milhões

3º trimestre  20/21

US$ milhões

Alteração

 

Receitas do Grupo 20,127 17,245 17%
Rendimento antes de impostos 855 591 45%
Resultado Líquido (lucro atribuível aos acionistas) 640 395 62%
Ganhos básicos por ação (cêntimos dos EUA) 5.50 3.31 2.19

 

Citação do Presidente e CEO – Yuanqing Yang:

“A Lenovo continuou a abraçar as oportunidades impulsionadas pela transformação digital e inteligente acelerada, e a nossa nova arquitetura de TI preparou-nos bem com capacidades de inteligência de rede de nuvem de cliente. Com mais um trimestre recorde, entregamos o 6º trimestre de mais de 50% de crescimento do resultado líquido em termos homólogos, e o primeiro trimestre de receitas de 20 mil milhões de dólares na nossa história. Continuamos no caminho certo para duplicar a nossa margem líquida e o investimento em I&D em três anos a partir dos níveis de FY20/21”, refere Yuanqing Yang, Presidente e CEO da Lenovo. “Mais uma vez, mostrámos que a inovação, a estratégia de transformação e a execução forte da Lenovo podem consistentemente proporcionar aumentos de rentabilidade sustentáveis para o futuro.”

Grupo de Soluções e Serviços (SSG): proporcionar um crescimento forte e margens elevadas – impulsionando uma maior rentabilidade global para o Grupo

Oportunidade:

O Grupo de soluções e serviços continua a impulsionar uma forte rentabilidade e crescimento num mercado em rápida expansão. À medida que a arquitetura tecnológica se torna mais complexa, os clientes exigem serviços de TI mais sofisticados, prevendo-se que o mercado valha mais de um bilião de dólares americanos até 2025. Isto inclui uma maior procura de apoio e personalização por parte dos trabalhadores do conhecimento, quase metade dos quais agora trabalham remotamente.

Desempenho do 3º Trimestre:

  • Crescimento significativo das receitas do Terceiro Trimestre (25% em termos homólogos para US$1. 5 mil milhões), proporcionando 7,1% das receitas globais do Grupo e com uma margem operacional superior a 22%, um aumento de quase três pontos em termos homólogos.
  • Os serviços de apoio registaram um crescimento da receita de 21% em termos homólogos.
  • Os serviços geridos viram as receitas melhorar 50% comparativamente ao período correspondente anterior, impulsionadas pelas ofertas da Lenovo TruScale como serviço, anunciado no último trimestre. Os avanços no Smart Retail ajudaram os Project Services e Solutions a alcançar um crescimento da receita de 23% em termos homólogos.

Olhando para o futuro:

  • A Lenovo continuará a aproveitar a grande oportunidade de mercado para impulsionar tanto o crescimento das receitas como a maior rentabilidade. Isto começa com o aumento dos trabalhadores remotos, onde a Lenovo irá aproveitar a sua pegada de serviço global para ajudar a transformar a produtividade dos trabalhadores através de soluções de apoio, as-a-Service e soluções digitais de trabalho.
  • Nos serviços geridos, a Lenovo continuará a investir em ofertas Lenovo TruScale , soluções híbridas em nuvem e software e serviços adicionais baseados no próprio IP da empresa.
  • A empresa irá também expandir as soluções de sustentabilidade para os clientes, como o seu serviço de recuperação de ativos e a recente expansão do seu serviço de compensação de carbono. 

Grupo de Soluções de Infraestruturas (ISG): alcançar a rentabilidade, crescendo fortemente num prémio de mercado

Oportunidade:

As oportunidades continuam a crescer para o ISG à medida que a modernização  das infraestruturas de TIC se expande em todo o mundo. O mercado de infraestruturas das TIC deverá tornar-se um mercado de 250 mil milhões de dólares até 2025. Ao mesmo tempo, o mercado de infraestruturas de ponta deverá ultrapassar os 41 mil milhões de dólares.

Desempenho do 3º Trimestre:

  • O ISG apresentou um desempenho recorde, atingindo o marco de alcançar a rentabilidade pela primeira vez desde a aquisição da IBM x86 em 2014. As receitas cresceram 19% em termos homólogos, atingindo os 1,9 mil milhões de dólares. Este foi o quarto trimestre consecutivo em que as receitas cresceram a um prémio de dois dígitos em relação ao mercado.
  • O negócio ultrapassou o mercado em quase todos os segmentos. As receitas do Cloud Service Provider cresceram 38% em relação ao período homólogo; As receitas da empresa/SMB aumentaram em 7% em relação ao período correspondente anterior.

 Olhando para o futuro:

  • A Lenovo aproveitará a sua cobertura de todos os segmentos de clientes (CSP de diferente escala, Enterprise, SMB) como uma vantagem única para equilibrar a escala e a rentabilidade, assim como as exigências dos clientes de segurança/fiabilidade e agilidade/flexibilidade.
  • Os investimentos continuarão a ser feitos em segmentos de crescimento rápido e em expansão, como a computação Edge.

Grupo de Dispositivos Inteligentes (IDG): forte crescimento das receitas e rentabilidade mais forte, aumento da contribuição das empresas não PC  

Oportunidade:

O mercado dos dispositivos inteligentes continua a beneficiar do novo normal do trabalho híbrido e prevê-se que o mercado PC se mantenha forte e estável, passando para segmentos comerciais e premium. Nos smartphones, a remodelação do mercado trará mais oportunidades de crescimento à Lenovo, e a penetração do 5G e o desenvolvimento do Novo TI de “edge-cloud-intelligence” proporcionarão mais potencial de crescimento para dispositivos inteligentes emergentes como computação incorporada/IoT, AR/VR impulsionados pelo metaverso, bem como soluções inteligentes para a casa e ainda a colaboração inteligente.

Desempenho do 3º Trimestre:

  • Excelentes resultados com crescimento da receita de 16% em termos homólogos para US$17.6 mil milhões, com um crescimento ainda mais forte da rentabilidade – subindo 21% em termos homólogos para US$1.4 mil milhões, numa base já elevada.
  • Os segmentos premium de PC proporcionam um alto crescimento com receitas de estação de trabalho e jogos crescendo 40% e 27% em termos homólogos, respetivamente.
  • Os smartphones mantiveram um lucro saudável pelo sétimo trimestre consecutivo, com as receitas a crescerem fortemente em 46% em termos homólogos e a tornarem-se no produto com a mais crescente venda. Os lucros igualaram o máximo histórico do último trimestre em 89 milhões de dólares. O crescimento rápido verificou-se nos principais redutos, com as receitas na América Latina a crescerem 25% em termos homólogos e as receitas na América do Norte mais do que duplicaram em termos homólogos (133%).
  • Entre as categorias de dispositivos inteligentes emergentes, a receita de soluções de colaboração Smart quase duplicou ano após ano.

Olhando para o futuro:

  • A Lenovo continuará a investir em inovação, segmentos premium e componentes fundamentais para impulsionar o aumento da rentabilidade e o preço médio de venda. No mobile, vai reforçar ainda mais o portfólio e investir na expansão para novos mercados na Europa e Ásia-Pacífico. Continuará também a investir em produtos não PC tais como IoT, metaverso, Smart Home e soluções inteligentes de colaboração para capturar oportunidades emergentes e aumentar ainda mais o mix de negócios não PC. 

Destaques operacionais e investimentos para o futuro

Sobre o autor

Sara Fernandes

A Sara também faz parte da fundação da InforGames. Começou a jogar videojogos com o irmão. Gosta de jogos de Puzzles e simulação.

O teu endereço de email não será revelado. Campos obrigatórios estão marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.