PlayStation revela mais detalhes sobre as criaturas de Ghostwire: Tokyo

7 visualizações
0

Sony Interactive Entertainment revelou hoje, através de uma publicação no Blog Oficial da PlayStation, mais detalhes sobre as criaturas de Ghostwire: Tokyo, que chegará em exclusivo (nas consolas) à PlayStation 5 já no próximo dia 25 de março, e que já se encontra disponível para reserva na PlayStation Store.
“Em Ghostwire: Tokyo, acordas a meio do desaparecimento em massa de quase toda a população de Tóquio, o que abre o caminho para os visitantes de outro mundo que querem ocupar a cidade”, começa por dizer Parker Wilhelm, Content Manager na Bethesda Softworks. E acrescenta: “Inspirados em superstições da vida real, folclore, lendas urbanas e yokai, esses visitantes não serão detidos por armas convencionais. Será preciso trabalhar lado a lado com um aliado inesperado – o espírito de um detetive veterano chamado KK – para obter os poderes e habilidades necessários para apanhar os responsáveis pelos desaparecimentos em Tóquio e restaurar a normalidade na cidade”.
O conhecimento dos jogadores será uma ferramenta útil para resolver a ameaça paranormal que paira sobre Tóquio. Em baixo uma lista com alguns exemplos das criaturas (tanto hostis, como potenciais aliadas) que os jogadores encontrarão neste título, e ainda algumas dicas:

  • Kuchisake: baseadas na lenda urbana da Kuchisake-onna, ou “Mulher da Boca Cortada”, as Kuchisakes de Ghostwire: Tokyo são uma visitante agressiva com a forma de uma mulher, que está mascarada e usa uma tesoura gigante. Os jogadores terão de pensar rápido caso não queiram tornar-se numa das presas destas criaturas. Quando elas se aproximarem poderão, por exemplo, usar o seu Ethereal Weaving de forma a criarem uma barreira e bloquearem o seu ataque mesmo a tempo. “Ghostwire: Tokyo também conta com uma versão da Kuchisake-onna que veste roupas vermelhas e é inspirada numa lenda urbana diferente, que envolve uma mulher de vermelho”, acrescenta Kenji Kimura, Diretor do jogo, para realçar o facto de que as Kuchisake-onna em Ghostwire não são trazidas apenas das lendas e folclore, e são sim uma combinação e reinterpretação de conceitos.
  • Tengu: nem todas as criaturas de Ghostwire: Tokyo são o inimigo. Algumas, como os Tengu, que sobrevoam os edifícios da cidade, podem vir a tornar-se recursos essenciais nas missões dos jogadores. Assim, estes deverão estar atentos ao topo dos edifícios de forma a localizarem estes yokai voadores e juntarem-se a eles através da sua habilidade de Grapple.
  • Tanuki: Os Tanuki, que são tão matreiros como adoráveis, são uma das criaturas mais famosas e distintas do folclore tradicional japonês. Estes cães-guaxinim possuem poderes que lhes permitem mudar de forma. Em Ghostwire: Tokyo um grupo destas pequenas criaturas perdeu-se pelas ruas. Os jogadores poderão ter uma bela recompensa se os conseguirem resgatar a todos.
  • Shine Dancer: o nome e a aparência dos Shine Dancers vêm dos “teru teru bozu”: uns bonecos de papel tradicionais que se elaboram como amuletos para atrair o bom tempo. Estas criaturas trazem muito mais azar do que sorte e são uma ameaça capaz de atacar os jogadores de cima.
  • Kappa: Assim como no folclore japonês, os Kappa em Ghostwire são Yokai anfíbios que se encontram perto da água. Eles possuem Magatama úteis que permitem aos jogadores desbloquearem o seu potencial e aprenderem habilidades melhores, no entanto, são criaturas escorregadias muito difíceis de capturar. Por sorte, tal como nos mitos, os Kappa deste título não resistem à sua comida preferida como isco – um legume verde e refrescante.
  • Nekomata: os jogadores poderão encontrar nas lojas, supermercados e quiosques da cidade comerciantes muito especiais: os yokai nekomata, que se assemelham a um gato com duas caudas. É uma boa ideia fazer alguns favores a estes aliados felinos, que saberão recompensar os jogadores trabalhadores.

De lembrar que Ghostwire: Tokyo tira partido das funcionalidades da consola PlayStation de nova geração, uma vez que conta com carregamentos quase instantâneos permitidos pelo SSD ultrarrápido, o Tempest 3D AudioTech, que transmite a sensação de que o jogador está nas ruas inquietantes desta versão única de Tóquio, os gatilhos adaptativos que, quer em combates com armas convencionais ou poderes sobrenaturais, transportam o jogador diretamente para a ação, os visuais impressionantes a 4K HDR, e o Ray Tracing que permite ver a cidade em alta definição e destaca detalhes como a noite em Shibuya. Será ainda possível sentir o poder das capacidades paranormais com um controlo tático único para cada habilidade e ação da personagem, permitido pelo comando sem fios DualSense. Vê aqui o Immersion Trailer para perceber um bocadinho melhor como é que o jogo aproveita as capacidades da PlayStation 5 e do DualSense.
Ghostwire: Tokyo chegará em exclusivo (nas consolas) à PlayStation 5 já no próximo dia 25 de março, no entanto, pode ser reservado já através da PlayStation Store, nas seguintes edições: Edição Standard por 69,99€ (PVP estimado) e Edição Deluxe por 89,99€ (PVP estimado), que inclui o jogo Ghostwire: Tokyo, três dias de acesso antecipado ao jogo, pacote traje descontraído e traje de Shinobi e Arma Kunai. De mencionar que os subscritores do serviço PlayStationPlus poderão usufruir de um desconto de 10% na reserva de Ghostwire: Tokyo até ao próximo dia 24 de março.

Sobre o autor

Fernando Costa

É o fundador da InforGames. Começou a ter interesse pelos videojogos através do Spectrum +2 128k. Gosta de jogos de Estratégia, Corridas e Luta. Apesar de já ter jogado em várias consolas, o PC continua a ser a sua plataforma de eleição!

O teu endereço de email não será revelado. Campos obrigatórios estão marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.