Smartphones terão baterias substituíveis em 2027

Smartphones terão baterias substituíveis em 2027

23 Visualizações
0

As novas regras, aprovadas pelo Parlamento Europeu esta semana, poderão evitar que milhões de telemóveis sejam depositados em aterros.

Todos os anos, mais de 150 milhões de smartphones são deitados fora. Tornar as baterias mais fáceis de substituir poderia travar este dilúvio de resíduos eletrónicos.

Os telemóveis atuais selam as baterias dentro do aparelho, o que significa que a sua substituição pode ser quase tão cara como a compra de um novo telemóvel.

As novas medidas ajudarão a quebrar este ciclo de consumo desenfreado, declarou o eurodeputado Achille Variati.

“Pela primeira vez, temos legislação sobre economia circular que abrange todo o ciclo de vida de um produto, uma abordagem que é boa tanto para o ambiente como para a economia”, afirmou.

“Chegámos a acordo sobre medidas que beneficiam grandemente os consumidores: as baterias funcionarão bem, serão mais seguras e mais fáceis de remover.”

De acordo com a legislação, os consumidores devem poder “remover e substituir facilmente” as baterias portáteis utilizadas em dispositivos como smartphones, tablets e câmaras.

As regras entrarão em vigor em 2027.

Sobre o autor

Fernando Costa

O Fernando é o diretor do InforGames. O seu primeiro computador foi o ZX Spectrum, e foi aqui que começou a interessar-se pelo mundo dos videojogos. Apesar de já ter jogado em várias plataformas, o PC continua a ser a sua plataforma de eleição. No que diz respeito a jogos, gosta de estratégia, corridas e luta.

O teu email não será publicado. Os campos de preenchimento obrigatório estão assinalados*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.