Visa Innovation Program Europe anuncia as fintechs selecionadas para a edição de 2023

Visa Innovation Program Europe anuncia as fintechs selecionadas para a edição de 2023

30 Visualizações
0

O Visa Innovation Program Europe acaba de anunciar as oito fintechs selecionadas para a edição de 2023, entre Portugal e Espanha. Com o objetivo de impulsionar a inovação nos setores financeiro e de pagamentos, esta plataforma de colaboração e aceleração de fintechs reúne um ecossistema diversificado de empreendedores, que vão ter a mentoria e apoio da Visa, assim como da sua rede global de parceiros. O programa, que desde 2018 já recebeu mais de mil candidaturas, contou nesta edição com mais de 300 – oriundas da Grécia, Chipre, Malta, Turquia, Espanha, Itália e Portugal.

No caso de Portugal e Espanha, onde o programa terá o apoio da Hackquarters e da Fintech Solutions, de um total de 111 candidaturas foram selecionadas três fintechs portuguesas, Coverflex, Fraudio e Holywally, bem como as espanholas Dedomena AI, Dogood people, Goscore, Reveni e Toqio. Todas estas fintechs revelaram conhecimentos, ambição de crescer e modelos de negócio com potencial para serem escaláveis a nível internacional. Assim, no decorrer do programa, estas empresas terão a possibilidade de contribuir e promover novas e disruptivas experiências de pagamento, capacitar os comerciantes e as PME, desbloquear novos fluxos de pagamento e construir um futuro inteligente e sustentável com finanças integradas.

Gonçalo Santos, Country Manager da Visa em Portugal, destaca que: “Estamos muito orgulhosos por termos o Visa Innovation Program Europe 2023 em Portugal e Espanha e, assim, alargar esta trajetória de sucesso a nível internacional. Com este projeto, a Visa pretende continuar a ligar o ecossistema fintech, atuando como uma rede aberta e disponível, proporcionando-lhes a visibilidade necessária para que possam escalar os seus negócios. Em suma, com este programa queremos continuar a contribuir para o desenvolvimento dos pagamentos do futuro”.

Kaan Akın, CEO e fundador da Hackquarters, afirma: “Na Hackquarters, que orgulhosamente apoia o ecossistema de startups, somos apaixonados por ajudar empreendedores ambiciosos a estabelecerem contacto com os parceiros corporativos certos. A Hackquarters participa no Visa Innovation Program Europe (VIPE) desde 2018 e continua a aumentar a sua rede de colaboração com base numa parceria mutuamente benéfica, para nós e para a Visa, enquanto líder financeiro global. Ao ajudar as startups fintech a expandir os seus negócios, o VIPE fornece acesso a uma rede global de inovação, financeira e com experiência comercial, ao mesmo tempo que apresenta excelentes exemplos que repensam toda a ligação com o cliente.”

Acelerar a inovação do ecossistema fintech através da colaboração, cocriação e soluções escaláveis.

A Visa tem um forte historial de colaboração com fintechs, dando-lhes acesso à sua rede global de parceiros e acelerando o seu crescimento. O Visa Innovation Program Europe proporciona ao ecossistema fintech o acesso à infraestrutura da Visa, incluindo sessões de mentoria individuais, aconselhamento, ferramentas tecnológicas e acesso a clientes para validar a sua proposta de valor.

António Veiga Ferrão, Diretor Executivo da Fintech Solutions, denota, também que: ”A edição deste ano revela bem como o panorama dos pagamentos está a mudar para oferecer a melhor experiência aos utilizadores finais. As startups selecionadas permitem aos seus clientes oferecer novos contextos de utilização e experiências inovadoras, mas o desafio ainda agora começou e durante os próximos meses vamos trabalhar arduamente com as startups selecionadas e o ecossistema que a VISA proporciona. É também muito positivo estar a trabalhar a nível ibérico, e aproveitar os fortes laços entre Portugal e Espanha”. 

Bea Larregle, Diretora-Geral Regional da Visa no Sul da Europa, acrescenta: “A inovação colaborativa é crucial para construir economias mais inclusivas e impulsionar o crescimento económico. Após as experiências bem-sucedidas do programa nos diferentes mercados da região do Sul da Europa, temos todo o gosto em dar as boas-vindas às fintechs selecionadas nesta edição no Chipre, Espanha, Grécia, Itália, Malta, Portugal e Turquia. Continuaremos a descobrir e a promover mais talentos fintech, que acreditamos poderem ser ativos fundamentais para o futuro dos pagamentos e do comércio na Europa”.

Os finalistas 2023

As empresas selecionadas para integrar o Visa Program Innovation Europe 2023 são:

Coverflex: (Portugal) A Coverflex é uma solução de compensação flexível que permite às empresas agregar a gestão das compensações para além do salário. A Coverflex está a remodelar contrapartidas, começando pelos benefícios e construindo uma plataforma tudo-em-um para que qualquer empresa possa personalizar os benefícios e recompensas que oferece aos seus colaboradores.

Dedomena AI: (Espanha) A Dedomena facilita às empresas a análise e a exploração dos seus dados mais sensíveis graças à sua plataforma baseada em IA, ao fornecer tecnologia para a produção de dados sintéticos e funções de enriquecimento de dados. Isto desbloqueia o acesso a dados ilimitados, de alta qualidade e anónimos, permitindo às empresas treinar melhores modelos e algoritmos, extrair mais valor dos seus dados e acelerar o desenvolvimento e a implementação de soluções.

Dogood People: (Espanha) O software da DoGood People reforça a cultura de sustentabilidade. Mede o impacto ESG (Ambiente, Social e Governança Corporativa) dos colaboradores que são desafiados a completar desafios relacionados com os ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU). Os desafios incentivam a um comportamento mais sustentável e permitem que os indivíduos tomem decisões mais informadas.

Fraudio: (Portugal) A Fraudio fornece soluções, para o ecossistema de pagamentos, de deteção de fraude baseadas em ferramentas de AI/ML. Com tecnologia fácil de integrar e escalável, proporciona uma monitorização rápida e eficaz das transações e a deteção de fraudes, permitindo às empresas reduzir os estornos e cumprir os regulamentos contra o branqueamento de capitais.

Goscore: (Espanha) Goscore oferece soluções de classificação de crédito cross-border e define perfis de riscos que ajudam as empresas de crédito a avaliar o nível de ameaça dos proponentes. A Goscore recorre a soluções de Open Banking data e Machine Learning. Ao analisar o comportamento financeiro dos consumidores, a Goscore fornece aos credores um perfil financeiro abrangente em tempo real, permitindo-lhes selecionar clientes sustentáveis com uma plataforma intuitiva e 100% automatizada.

Holywally: (Portugal) A HolyWally é uma plataforma B2B de white-label wallet-as-a-service que permite um tempo de comercialização mais rápido e uma experiência personalizada para clientes de emissores de contas e cartões. A HolyWally oferece um valor único através de uma rede de parceiros em crescimento e de um interface no-code Wallet Builder. As suas competências incluem tokenização de cartões através de Visa Token Services(VTS), tap-to-pay, recibo digital e ofertas financiadas pelo comerciante.

Reveni: (Espanha) A Reveni transforma a experiência pós-compra do comércio eletrónico, aproveitando as devoluções para aumentar a fidelidade e a sustentabilidade do cliente. Oferece reembolsos e trocas instantâneas sem risco para os comerciantes, resultando em taxas de recompra mais elevadas e no aumento das vendas para as empresas.

Toqio: (Espanha) A Toqio é a plataforma financeira integrada, que permite às empresas juntar produtos e serviços financeiros em percursos de clientes novos ou existentes. A plataforma oferece um conjunto de ferramentas abrangente para a integração de produtos financeiros e a gestão de vários serviços, incluindo empréstimos, serviços bancários centrais, Enterprise Resource Planning (ERP), Customer Relationship Management (CRM) e muito mais. A Toqio simplifica a integração de produtos financeiros para que os seus clientes se possam concentrar no seu negócio principal.

Sobre o autor

Fernando Costa

O Fernando é o diretor do InforGames. O seu primeiro computador foi o ZX Spectrum, e foi aqui que começou a interessar-se pelo mundo dos videojogos. Apesar de já ter jogado em várias plataformas, o PC continua a ser a sua plataforma de eleição. No que diz respeito a jogos, gosta de estratégia, corridas e luta.

O teu email não será publicado. Os campos de preenchimento obrigatório estão assinalados*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.