Lucro Líquido Ajustado da Xiaomi dispara 147% no 2º Trimestre de 2023 para mais de 650M €

Lucro Líquido Ajustado da Xiaomi dispara 147% no 2º Trimestre de 2023 para mais de 650M €

25 Visualizações
0

A Xiaomi, uma empresa de eletrónica de consumo e fabrico inteligente, com equipamentos conectados através de uma plataforma de Internet das Coisas (“IoT”) no seu núcleo, anunciou os seus resultados consolidados, não auditados, para o período de três meses, terminado a 30 de junho de 2023 (2º trimestre de 2023). Desde a implementação da estratégia corporativa chave de “dupla ênfase em escala e rentabilidade” feita há dois trimestres, a Xiaomi alcançou um crescimento robusto nos lucros e nos negócios, com várias métricas operacionais a atingirem níveis históricos.

No segundo trimestre de 2023, a receita total da Xiaomi atingiu 8,4 mil milhões de euros (RMB 67.4 mil milhões), representando um crescimento trimestral de 13,2%. O lucro líquido ajustado atingiu mais de 650 milhões de euros (RMB 5.1 mil milhões), um crescimento homólogo de 147%. Este é o maior lucro trimestral desde o quarto trimestre de 2021, superando significativamente o consenso do mercado. No primeiro semestre de 2023, o lucro líquido ajustado da Xiaomi alcançou cerca de 1,1 mil milhões de euros (RMB8.4 mil milhões), aproximando-se do nível do lucro líquido ajustado do ano passado.

Durante o 2.º trimestre, a Xiaomi continuou a implementar a sua estratégia corporativa chave e avançou de forma constante na sua estratégia de ‘premiumização’ de smartphones. A margem de lucro bruto do Grupo atingiu um recorde histórico de 21%, marcando uma melhoria nas margens de lucro bruto em todos os três segmentos de negócios, incluindo smartphones, produtos de IoT e lifestyle e serviços de internet. Além disso, a Xiaomi tem vindo a melhorar ativamente a eficiência interna e o desempenho global. Também continuou a reduzir custos, aumentar a eficiência e otimizar ainda mais as medidas de gestão de inventário, consolidando ainda mais o desenvolvimento a longo prazo e sustentável do Grupo. Durante o trimestre, as despesas globais do Grupo totalizaram 1,3 mil milhões de euros (RMB10.2 mil milhões), uma diminuição de 2,3% em relação ao período homólogo. O seu inventário total foi de cerca de 5 mil milhões de euros (RMB38.5 mil milhões), uma diminuição de 33,5% em relação ao período homólogo, atingindo o nível mais baixo nos últimos dez trimestres. O montante agregado de recursos financeiros do Grupo atingiu um novo recorde histórico de mais de 14 mil milhões de euros (RMB113.2 mil milhões). Os abundantes recursos financeiros demonstram ainda mais que a Xiaomi está equipada com um modelo operacional saudável e eficiente, fortalecendo a base para o desenvolvimento futuro.

A margem de lucro bruto do negócio de smartphones atinge novo recorde, impulsionada pelo sólido ímpeto da estratégia de ‘premiumização’

Num mercado global de smartphones caracterizado pela fraca procura, a Xiaomi evoluiu persistentemente ao agarrar as rédeas e não perder oportunidades. De acordo com a Canalys, a quota de mercado global de smartphones da Xiaomi aumentou 1,6 pontos percentuais para 12,9% face ao último trimestre, com um total de 32,9 milhões de unidades de smartphones enviadas a nível global. No segundo trimestre de 2023, a receita de smartphones alcançou 4,6 mil milhões de euros (RMB36.6 mil milhões), um aumento de 4,6% face ao trimestre anterior. A margem de lucro bruto do negócio de smartphones atingiu 13,3% neste trimestre, um aumento de 4,7 pontos percentuais comparado com o período homólogo, estabelecendo um novo recorde.

De acordo com a Canalys, no segundo trimestre de 2023, os envios de smartphones da Xiaomi ficaram entre os três primeiros lugares em 51 países e regiões a nível global, e entre os cinco primeiros em 61 países e regiões a nível global. A classificação de envios de smartphones do Grupo subiu para o 2º lugar nos mercados da Europa e do Médio Oriente, solidificando ainda mais a sua posição de liderança no mercado internacional.

A Xiaomi continuou a aproveitar a sua competitividade em tecnologias de ponta no segmento de smartphones premium. Em agosto, a Xiaomi lançou o Xiaomi MIX Fold 3 na China continental. Nos primeiros cinco minutos após o lançamento, as vendas do Xiaomi MIX Fold 3 atingiram 2,25 vezes as do modelo anterior, estabelecendo um novo recorde para os smartphones dobráveis do Grupo. De acordo com dados de terceiros, no segundo trimestre de 2023, as unidades de smartphones da Xiaomi vendidas no segmento de preços entre 520€ e 780€ na China continental alcançaram uma quota de mercado de 12,7%, um aumento homólogo de 6,2 pontos percentuais. Além disso, os smartphones da Xiaomi com preços iguais ou superiores a 390€ vendidos como percentagem do total de unidades vendidas do Grupo na China continental alcançaram um nível máximo, experimentando um crescimento homólogo consecutivo durante quatro trimestres consecutivos. No segundo trimestre de 2023, o preço médio de venda dos smartphones da Xiaomi na China continental aumentou mais de 24% em relação ao ano anterior.

O segmento de IoT continuou a crescer, com a receita proveniente de eletrodomésticos inteligentes de grande dimensão a aumentar mais de 70%

Com a revelação de incentivos para aumentar a procura de mercado e impulsionar o consumo, a receita da Xiaomi proveniente dos produtos de IoT e lifestyle foi de 2,8 mil milhões de euros (RMB22.3 mil milhões), um aumento homólogo de 12,3%, e a sua margem de lucro bruto atingiu 17,6%, um aumento homólogo de 3,3 pontos percentuais, estabelecendo um recorde histórico.

A Xiaomi continuou a reforçar a conectividade em vários cenários da vida do utilizador. Até 30 de junho de 2023, o número de dispositivos IoT conectados (excluindo smartphones, tablets e portáteis) na plataforma AIoT do Grupo atingiu 654,5 milhões, um aumento homólogo de 24,2%. O número de utilizadores com cinco ou mais dispositivos conectados à plataforma AIoT do Grupo (excluindo smartphones, tablets e portáteis) atingiu 13 milhões, representando um aumento homólogo de 27,8%. Em junho de 2023, os utilizadores ativos mensais da App Mi Home aumentaram para 82,9 milhões, um aumento homólogo de 17,1%.

Durante o 2.º trimestre, a receita proveniente de eletrodomésticos inteligentes de grande dimensão (incluindo purificadores de ar, frigoríficos e máquinas de lavar) aumentou mais de 70% face ao período homólogo. Entre eles, os envios de ar condicionais da Xiaomi aumentaram mais de 90% face ao período homólogo. Tanto o negócio de frigoríficos como o de máquinas de lavar do Grupo superaram o mercado. Os envios de frigoríficos ultrapassaram as 500.000 unidades e os envios de máquinas de lavar ultrapassaram as 300.000 unidades. De acordo com a All View Cloud (“AVC”), no primeiro semestre de 2023, os envios de televisões da Xiaomi ocuparam o 1º lugar na China continental.

O ecossistema da Internet continuou a prosperar com várias métricas operacionais a atingirem níveis recorde

A base global de utilizadores de internet da Xiaomi continuou a expandir-se. O MAU (monthly active users) da MIUI a nível global e na China continental, até junho de 2023, atingiu 606,0 milhões e 149,3 milhões, respetivamente, registando um aumento homólogo de 10,8% e 6,5%. No segundo trimestre de 2023, a receita de serviços de internet da Xiaomi foi superior a 930 milhões de euros (RMB7.4 mil milhões), um aumento homólogo de 6,8%, atingindo um recorde trimestral histórico, enquanto a margem de lucro bruto dos seus serviços de internet atingiu 74,1%.

No segundo trimestre de 2023, a receita de publicidade da Xiaomi atingiu 640 milhões de euros, (RMB5.1 mil milhões) um aumento homólogo de 13%, estabelecendo um recorde histórico. A receita tanto de publicidade baseada em desempenho doméstico como internacional e de publicidade de marca também registou novos máximos trimestrais. A receita de jogos da Xiaomi alcançou 126 milhões de euros (RMB1.0 mil milhões), um aumento de 7,5%, desfrutando de crescimento homólogo pelo oitavo trimestre consecutivo.

Em termos de serviços de internet no estrangeiro, a Xiaomi manteve uma abordagem aberta e positiva em relação a oportunidades de parceria em todo o mundo. No segundo trimestre de 2023, a receita da Xiaomi proveniente de serviços de internet no estrangeiro teve um aumento homólogo 19,7% para 252 milhões de euros (RMB2.0 mil milhões), atingindo um recorde histórico, representando 26,8% da receita total de serviços de internet, um aumento homólogo de 2,9 pontos percentuais.

Estratégia de I&D atualizada com mais de 3.000 profissionais de IA de topo

Desde o início deste ano, a indústria global de tecnologia tem sido varrida por um boom de inteligência artificial (IA). Na verdade, a Xiaomi está entre as empresas pioneiras que estão a entrar agressivamente no domínio da IA. Desde o estabelecimento da sua primeira equipa de IA em 2016, a equipa de IA da Xiaomi expandiu-se seis vezes em sete anos para mais de 3.000 profissionais de topo. O Grupo estabeleceu gradualmente as suas capacidades em IA em áreas como visão, áudio, acústica, grafos de informação, processamento de linguagem natural, aprendizagem automática, IA multimodal, entre outras.

O Large Language Model (LLM) desenvolvido pela própria Xiaomi foi oficialmente revelado. A 10 de agosto de 2023, o LLM com 6 mil milhões de parâmetros desenvolvido pela Xiaomi classificou-se em 1º lugar na lista C-EVAL entre modelos similares com parâmetros do mesmo nível e classificou-se em 1º lugar na lista CMMLU de LLM em língua chinesa. Em termos da direção futura de implementação do LLM, a Xiaomi irá focar-se na “implementação leve e local”, procurando equilibrar a eficiência e a eficácia, em vez de perseguir cegamente o tamanho dos parâmetros. A Xiaomi dotou o seu Assistente de IA baseado em voz inteligente com grandes modelos de linguagem e já iniciou testes via convite.

No segundo trimestre de 2023, as despesas de I&D da Xiaomi atingiram cerca de 600 milhões de euros, (RMB4.6 mil milhões) um aumento de 21% homólogo. A Xiaomi espera que o seu investimento em I&D exceda cerca de 13 mil milhões de euros (RMB100 mil milhões) durante os cinco anos entre 2022 e 2026.

Sobre o autor

Fernando Costa

O Fernando é o diretor do InforGames. O seu primeiro computador foi o ZX Spectrum, e foi aqui que começou a interessar-se pelo mundo dos videojogos. Apesar de já ter jogado em várias plataformas, o PC continua a ser a sua plataforma de eleição. No que diz respeito a jogos, gosta de estratégia, corridas e luta.

O teu email não será publicado. Os campos de preenchimento obrigatório estão assinalados*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.