Threads: Apesar da sua crescente popularidade entre os utilizadores comuns, a taxa de adoção dos principais influenciadores e políticos é diferente

Threads: Apesar da sua crescente popularidade entre os utilizadores comuns, a taxa de adoção dos principais influenciadores e políticos é diferente

31 Visualizações
0

À medida que a popularidade da Threads continua a crescer entre os utilizadores comuns, surgiu uma diferença surpreendente na taxa de adoção entre os principais influenciadores das redes sociais e os políticos. Numa revelação surpreendente, uma pesquisa recente conduzida pela Viralyft descobriu que a maioria dos “grandes nomes” do Instagram e do Twitter ainda não aderiu à plataforma.

Principais conclusões:

  • Apenas 40% das 10 contas mais seguidas no Instagram aderiram ao Threads.
  • Apenas 20% das 10 contas mais seguidas no Twitter aderiram ao Threads.
  • Apenas 20% dos 10 políticos mais seguidos no Twitter aderiram ao Threads.

As taxas de adoção entre os “grandes nomes”

Foram analisadas as 10 contas mais seguidas no Instagram e no Twitter e os 10 políticos mais seguidos no Twitter. Os resultados mostram uma receção morna do Threads em todos os sectores.

Até agora, apenas 40% das contas mais seguidas no Instagram migraram para o Threads. Entre elas estão Selena Gomez, Kylie Jenner, Kim Kardashian e Khloe Kardashian. Entretanto, pesos pesados do Instagram como Cristiano Ronaldo, Lionel Messi, Dwayne Johnson, Beyoncé e Justin Bieber continuam ausentes da aplicação.

threads amog top 10 instagram accounts jpg

Uma tendência semelhante é observada no Twitter, onde apenas 20% das contas mais seguidas aderiram ao Threads, incluindo Katy Perry e Ellen DeGeneres. Grandes influenciadores como Elon Musk (compreensível), Barack Obama, Justin Bieber e Rihanna continuam a afastar-se da aplicação.

threads amog top 10 twitter accounts jpg

Os números são ainda mais impressionantes entre os políticos. Das dez figuras políticas mais seguidas no Twitter, apenas Jair M. Bolsonaro e Boris Johnson aderiram ao Threads. Líderes de alto nível como Barack Obama, Narendra Modi, Donald Trump e Joe Biden ainda não deram o salto.

threads amog top 10 most followed politicians on twitter jpg

Implicações e direções futuras

A disparidade entre os utilizadores regulares e os principais influenciadores na adoção do Threads pode ter um impacto potencial no sucesso da plataforma a longo prazo. A taxa de adoção relativamente baixa por parte dos “grandes nomes” pode impedir o crescimento e o envolvimento dos utilizadores, especialmente tendo em conta a influência considerável que estes influenciadores e políticos têm sobre as tendências das redes sociais.

No entanto, esta aparente lacuna também representa uma oportunidade única para os Threads do Instagram. Se a aplicação conseguir atrair celebridades e políticos com sucesso, oferecendo funcionalidades que se alinham com as suas estratégias de redes sociais, poderá potencialmente tirar partido deste facto para um crescimento significativo.

Conclusão

Num panorama de redes sociais em constante evolução, a aceitação por parte de utilizadores de alto nível determina frequentemente o sucesso de novas plataformas. Embora a Threads esteja a ganhar força junto do público em geral, a aparente relutância dos principais influenciadores das redes sociais e dos políticos em aderir indica que há muito trabalho a fazer.

Estas conclusões da Viralyft podem servir de alerta para que a Threads resolva esta disparidade. Para que a Threads prospere verdadeiramente, tem de encontrar uma forma de apelar não só aos utilizadores comuns, mas também às contas mais seguidas nas redes sociais.

Sobre o autor

Fernando Costa

O Fernando é o diretor do InforGames. O seu primeiro computador foi o ZX Spectrum, e foi aqui que começou a interessar-se pelo mundo dos videojogos. Apesar de já ter jogado em várias plataformas, o PC continua a ser a sua plataforma de eleição. No que diz respeito a jogos, gosta de estratégia, corridas e luta.

O teu email não será publicado. Os campos de preenchimento obrigatório estão assinalados*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.