Amazon Web Services lança AWS re/Start em Portugal

Amazon Web Services lança AWS re/Start em Portugal

53 Visualizações
0

A Amazon Web Services (AWS), uma empresa da Amazon.com, anunciou hoje o lançamento do AWS re/Start em Portugal. O AWS re/Start é um programa de formação e desenvolvimento da força de trabalho baseado em grupos, que ajuda os indivíduos a desenvolverem competências de computação na cloud, e que possibilita aos seus participantes a oportunidades de aceder a empregos locais. O programa é oferecido sem custos para os formandos e não é necessário ter experiência prévia em tecnologia para se candidatar. Para dar formação ao primeiro grupo, a AWS, está a colaborar com a Academia de Código, em Lisboa.

Até 2025, a IDC projeta que nove em cada 10 organizações vão sentir que o talento digital disponível não corresponde às suas necessidades de transformação. Um recente relatório global de competências digitais da Gallup e da AWS concluiu que 98% dos indivíduos que frequentaram formação em competências digitais no último ano indicam que a sua carreira beneficiou desse facto. Em conjunto, a Academia de Código e a AWS re/Start, estão a criar um pipeline global, inclusivo e diversificado de novos talentos em tecnologia cloud, e a envolver indivíduos em situação de desemprego ou subemprego que, de outra forma, poderiam não ter acesso a este percurso profissional. O AWS re/Start faz parte do compromisso da Amazon de ajudar 29 milhões de pessoas em todo o mundo a desenvolver as suas competências tecnológicas, através de formação gratuita em computação na cloud até 2025.

Tejas Vashi, Global Lead, AWS re/Start, refere que: “O AWS re/Start acrescenta talentos ‘net-new’ à força de trabalho, estabelecendo um cenário win-win-win: para que os formandos se lancem em carreiras bem-sucedidas na cloud; as organizações aumentem sua vantagem competitiva com talentos de grande procura e as comunidades prosperem e cresçam. Estamos orgulhosos por lançar o programa em Portugal e por trabalhar com a Academia de Código para construir a força de trabalho diversificada e robusta do futuro, e permitir que as organizações acelerem a sua inovação com a AWS Cloud”.

Com o apoio de mentores profissionais e formadores credenciados, os participantes obtêm uma base de conhecimentos de computação na cloud que os impulsionará para empregos de nível inicial na cloud. O programa abrange competências fundamentais de ‘AWS Cloud’ e competências práticas para a carreira profissional, que incluem a redação de currículos e técnicas de entrevista. Através de exercícios, laboratórios e cursos baseados em cenários reais, os alunos adquirem conhecimentos sobre Linux, Python, redes, segurança e bases de dados relacionais. Ficam preparados para funções de nível básico em operações na cloud, fiabilidade de sites, suporte de infraestrutura e muito mais. O AWS re/Start também cobre o custo para que os participantes façam o exame de certificação AWS Certified Cloud Practitioner, e para que possam validar as suas competências na cloud com uma credencial reconhecida pelo setor.

“O facto de sermos a primeira instituição em Portugal a tornar-se uma organização colaboradora do programa AWS re/Start, com formação certificada pela AWS, é para nós um grande reconhecimento do nosso trabalho e da nossa qualidade de ensino em Tecnologia. Com esta colaboração esperamos capacitar mais pessoas em DevOps e cloud computing, e criar uma bolsa de talentos competente, inclusiva e diversificada, através de um curso que lhes dará as ferramentas necessárias para serem bem-sucedidos e responderem às necessidades do mercado tecnológico atual e futuro”, explica João Magalhães, fundador e CEO da Academia de Código.

O AWS re/Start trabalha com organizações locais para oferecer o programa em mais de 180 cidades e 60 países em todo o mundo. Globalmente, o programa AWS re/Start possibilita, a mais de 98% dos seus graduados, oportunidades de entrevista de emprego.

Os empregadores interessados em ter acesso aos RH qualificados pelo AWS re/Start devem preencher o formulário de interesse do empregador.

Sobre o autor

Fernando Costa

O Fernando é o diretor do InforGames. O seu primeiro computador foi o ZX Spectrum, e foi aqui que começou a interessar-se pelo mundo dos videojogos. Apesar de já ter jogado em várias plataformas, o PC continua a ser a sua plataforma de eleição. No que diz respeito a jogos, gosta de estratégia, corridas e luta.

O teu email não será publicado. Os campos de preenchimento obrigatório estão assinalados*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.