Lucro líquido ajustado da Xiaomi em 2023 sobe 126,3% para 2,47 mil milhões de Euros

Lucro líquido ajustado da Xiaomi em 2023 sobe 126,3% para 2,47 mil milhões de Euros

28 Visualizações
0

A Xiaomi Corporation, uma empresa de eletrónica de consumo e fabrico inteligente, com equipamentos conectados através de uma plataforma de Internet das Coisas (“IoT”) no seu núcleo, anunciou os seus resultados consolidados auditados para o ano de 2023, totalizando uma receita total de 34,68 mil milhões de Euros (RMB 271,0 mil milhões), enquanto o seu lucro líquido ajustado aumentou 126,3%, atingindo 2,47 mil milhões de Euros (RMB 19,3 mil milhões). O aumento do lucro líquido ajustado excedeu em muito as expectativas do mercado e marcou o segundo maior nível de rentabilidade desde a entrada do Grupo em bolsa. As despesas do negócio de Veículos Elétricos Inteligentes (“EV”), e de outras iniciativas inovadoras, aumentaram para 857,6 milhões de Euros (RMB 6,7 mil milhões) [excluindo as despesas de compensação com base em ações relacionadas com EV inteligente e outras iniciativas novas de 102,4 milhões de Euros (RMB 0,8 mil milhões) para o ano]. No quarto trimestre de 2023, a receita total da Xiaomi crescera por dois trimestres consecutivos, atingindo aproximadamente 9,37 mil milhões de Euros (RMB 73,2 mil milhões), um aumento de 10,9% em relação ao ano anterior (“YoY”), e o seu lucro líquido ajustado aumentou 236,1% para 627,2 milhões de Euros (RMB 4,9 mil milhões) em igual período.

Ao longo de 2023, a Xiaomi executou diligentemente a sua principal estratégia operacional de “dupla ênfase em escala e rentabilidade”. Também marcou o ano inaugural da estratégia corporativa do ecossistema inteligente “Human x Car x Home”. Em termos de desempenho comercial, o primeiro semestre de 2023 registou um crescimento acelerado dos lucros, seguido de uma recuperação trimestral das receitas no segundo semestre do ano. Ambos os indicadores refletem a resiliência de crescimento do Grupo e a eficiência nas operações comerciais. Quanto ao desenvolvimento do conceito de ecossistema, a Xiaomi revelou o seu novo sistema operativo, o “Xiaomi HyperOS”, e realizou o evento de lançamento da tecnologia Xiaomi EV. O evento de lançamento de produto da série Xiaomi SU7 está agendado para 28 de março de 2024, o que deverá enriquecer ainda mais o portefólio do ecossistema do Grupo.

A sofisticação impulsiona uma forte procura de modelos de smartphones premium

No segmento de smartphones, os envios globais de smartphones da Xiaomi registaram-se na ordem das 145,6 milhões de unidades em 2023, com uma receita anual de smartphones a atingir os 20,16 mil milhões de Euros (RMB 157,5 mil milhões) e uma margem de lucro bruto de 14,6%. De acordo com a Canalys, a Xiaomi manteve-se entre os três primeiros lugares nos envios globais de smartphones por três anos consecutivos. No quarto trimestre de 2023, os envios globais de smartphones do Grupo atingiram as 40,5 milhões de unidades, um aumento de 23,9% em relação ao ano anterior.

Enfrentando uma intensa concorrência no mercado, a Xiaomi continuou a procurar a inovação tecnológica e deu um passo em frente no mercado de smartphones premium. Em 2023, o preço médio de venda (“ASP”) dos smartphones do Grupo na China continental aumentou mais de 19% em relação ao ano anterior. De acordo com dados de terceiros, a quota de mercado da Xiaomi nas vendas de smartphones no segmento de preços entre os 512€ e os 768€ (RMB 4.000 – RMB 6.000) na China continental atingiu 16,9% em 2023, um aumento de 9,2 pontos percentuais em relação ao ano anterior. O ranking de vendas no mesmo segmento de preço subiu para o número 1 no quarto trimestre. Na China continental, a proporção de envios de smartphones premium da Xiaomi [modelos com preços de retalho iguais ou superiores a 384€ (RMB 3.000)] representou mais de 20% do total de envios de smartphones do Grupo no ano.

Sendo uma das marcas globais mais bem-sucedidas da China, os smartphones Xiaomi mantiveram uma posição sólida no mercado global no ano passado. De acordo com a Canalys, em 2023, os envios de smartphones da Xiaomi classificaram-se entre as três primeiras em 51 países e regiões a nível mundial e entre as cinco primeiras em 65 países e regiões a nível mundial. Especificamente, as vendas de smartphones da Xiaomi ficaram em segundo lugar no Médio Oriente e em terceiro lugar na América Latina, África e Sudeste Asiático, com crescimento da quota de mercado em todas estas regiões. O seu principal modelo de smartphone foi amplamente aclamado, com a série Xiaomi 14 a proporcionar uma excelente experiência de utilização.

A nova estratégia operacional de retalho da Xiaomi de “integração de lojas” deu frutos, com uma melhoria significativa da eficiência das suas lojas de retalho offline. De acordo com dados de terceiros, em todo o ano de 2023, a quota de mercado da Xiaomi na comercialização de smartphones através de canais offline na China continental aumentou para 8,4%.

O número de dispositivos IoT conectados na plataforma AIoT atingiu um recorde e foi amplamente aclamado nos mercados estrangeiros

Em 2023, a receita dos produtos IoT e de lifestyle da Xiaomi foi de 10,24 mil milhões de Euros (RMB 80,1 mil milhões) e a sua margem de lucro bruto chegou aos 16,3%, atingindo um recorde. A 31 de dezembro de 2023, o número de dispositivos IoT conectados (excluindo smartphones, tablets e laptops) na plataforma AIoT da Xiaomi atingiu 739,7 milhões, um aumento de 25,5% em relação ao ano anterior; o número de utilizadores com cinco ou mais dispositivos conectados à sua plataforma AIoT (excluindo smartphones, tablets e laptops) atingiu 14,5 milhões, um aumento de 25,3% em relação ao ano anterior. O MAU (monthly active users) da Mi Home App do Grupo cresceu para 85,8 milhões em dezembro de 2023.

A Xiaomi continuou a alargar os seus cenários de vida inteligente, continuando a conquistar reconhecimento global. Neste sentido, a categoria Xiaomi TV também avançou com uma estratégia para assumir um posicionamento premium. De acordo com a All View Cloud (“AVC”), em 2023, os envios de televisores da Xiaomi estavam entre os cinco principais do mundo. Em 2023, os grandes eletrodomésticos inteligentes da Xiaomi mantiveram um alto impulso de crescimento nas vendas, com as suas receitas a aumentar em quase 40% quando comparado com período homólogo (YoY). As vendas globais de tablets da Xiaomi excederam as 5 milhões de unidades, um aumento de mais de 50% em relação ao ano anterior. Em particular, as vendas anuais de tablets da Xiaomi nos mercados estrangeiros duplicaram em relação ao ano anterior. No setor dos produtos portáteis, a Xiaomi mantém a sua posição de líder da indústria através de funcionalidades abrangentes e de uma carteira de produtos diversificada. De acordo com a Canalys, em 2023, os envios de wearable bands da Xiaomi ficaram em segundo lugar na China continental e nos mercados globais, e os envios de earbuds TWS ficaram em segundo lugar na China continental.

Abraçar a colaboração para alimentar o crescimento sustentado no segmento de serviços de Internet

Em 2023, os serviços de Internet do Grupo atingiram recordes de receita e margem de lucro bruto, com a receita de serviços de Internet a atingir os 3,84 mil milhões de Euros (RMB 30,1 mil milhões) e a margem de lucro bruto dos seus serviços de Internet a atingir os 74,2%. Beneficiando da sua presença global, o MAU da Xiaomi a nível mundial e na China continental (incluindo smartphones e tablets) atingiu os 82 milhões de Euros (RMB 641,2 milhões) e 19,91 milhões de Euros (RMB 155,6 milhões), respetivamente.

Nas suas parcerias globais, a Xiaomi adota uma abordagem aberta, desbloqueando o potencial de rentabilidade do negócio. Em 2023, a receita dos seus serviços de internet no exterior aumentou 24,1% em relação ao ano anterior para 1,07 mil milhões de Euros (RMB 8,4 mil milhões), atingindo um recorde e representando 28% da receita total de serviços de internet do Grupo.

Como a Xiaomi continuou a otimizar a eficiência em toda a sua plataforma, as receitas de publicidade do Grupo atingiram os 2,6 mil milhões de Euros (RMB 20,5 mil milhões), um aumento de 11,2% em relação ao ano anterior. Juntamente com o avanço da estratégia de desenvolvimento do segmento premium de smartphones, o número de utilizadores ativos e de paying users do negócio de gaming do Grupo continuou a aumentar, alimentando a sua receita de gaming para atingir 563,2 milhões de Euros (RMB 4,4 mil milhões) em 2023, um aumento de 7,0% em relação ao ano anterior.

Estabelecer novos objetivos para 2020-2030, com o compromisso de investimento em tecnologias básicas fundamentais

Em 2023, a Xiaomi apresentou os seus novos objetivos para 2020-2030. O Grupo está empenhado em investimentos sustentáveis em tecnologias de base fundamentais, com o objetivo de se tornar líder no domínio da evolução das tecnologias de ponta globais. Em 2023, as despesas de investigação e desenvolvimento (“I&D”) da Xiaomi foram de 2,44 mil milhões de Euros (RMB 19,1 mil milhões), um aumento de 19,2% em relação ao ano anterior. A 31 de dezembro de 2023, o Grupo tinha 17.800 colaboradores de I&D, 53% dos seus colaboradores totais.

A 28 de dezembro de 2023, a Xiaomi revelou o seu primeiro produto EV, da série Xiaomi SU7, no evento Xiaomi EV Technology Launch. O evento destacou as cinco principais tecnologias do Xiaomi EV, apontando para um futuro promissor no portefólio da Xiaomi.

Sobre o autor

Fernando Costa

O Fernando é o diretor do InforGames. O seu primeiro computador foi o ZX Spectrum, e foi aqui que começou a interessar-se pelo mundo dos videojogos. Apesar de já ter jogado em várias plataformas, o PC continua a ser a sua plataforma de eleição. No que diz respeito a jogos, gosta de estratégia, corridas e luta.

O teu email não será publicado. Os campos de preenchimento obrigatório estão assinalados*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.