Xiaomi com margem de lucro bruto recorde e lucro líquido ajustado do 3T aumenta 182,9%

Xiaomi com margem de lucro bruto recorde e lucro líquido ajustado do 3T aumenta 182,9%

22 Visualizações
0

A Xiaomi anunciou os seus resultados consolidados, não auditados, referentes ao 3.º trimestre de 2023. Através da implementação firme da sua estratégia operacional central, com foco na “dupla ênfase em escala e rentabilidade” e na estratégia de premiumização, a Xiaomi impulsionou significativamente a sua receita e rentabilidade. O Grupo alcançou um crescimento trimestral em relação ao ano anterior, com o seu lucro trimestral atingindo o pico de dois anos.

No terceiro trimestre de 2023, a receita total do grupo disparou para mais de 9 mil milhões de euros (70,9 mil milhões de RMB). O lucro líquido ajustado superou os 765 milhões de euros (6 mil milhões de RMB), um aumento de 182,9% em relação ao ano anterior. O lucro líquido ajustado do Grupo nos três primeiros trimestres foi 1,7 vezes o total do ano passado, superando as estimativas de mercado.

O Fundador, Presidente e CEO da Xiaomi Corporation, Lei Jun, estabeleceu um novo objetivo para 2020-2030 em outubro deste ano. Sob o novo objetivo, o Grupo compromete-se com investimentos sustentáveis em tecnologias fundamentais e dedica-se a tornar-se líder no cenário em evolução das tecnologias de ponta globais. Isso sublinha o forte compromisso da Xiaomi com o investimento em investigação e desenvolvimento (“I&D”). No terceiro trimestre de 2023, as despesas de I&D da Xiaomi atingiram os mais de 639 milhões de euros (5 mil milhões de RMB), um aumento de 22% em relação ao ano anterior. A equipa de I&D aumentou e representa mais de 53% da força de trabalho total. O Grupo atualizou a sua estratégia de “Smartphone x AIoT” para “Human x Car x Home” e revelou o seu novo sistema operacional, o Xiaomi HyperOS, integrando todas as necessidades dos consumidores num ecossistema inteligente, desde dispositivos pessoais até produtos para casa inteligente e mobilidade inteligente.

A Xiaomi executou eficientemente a sua estratégia de “dupla ênfase em escala e rentabilidade”. No terceiro trimestre de 2023, a margem de lucro bruto do Grupo atingiu 22,7%, marcando um aumento por quatro trimestres consecutivos. O inventário total foi de quase 4,7 mil milhões de euros (36,8 mil milhões de RMB), uma diminuição de 30,5% em relação ao ano anterior, atingindo o seu nível mais baixo nos últimos onze trimestres. Esta redução capacitou a Xiaomi a adaptar flexivelmente a sua estratégia de negócios em resposta às exigências em evolução da indústria. A 30 de setembro de 2023, os recursos monetários do grupo continuaram a aumentar, atingindo um recorde de mais de 16,2 mil milhões de euros (127,6 mil milhões de RMB), proporcionando uma base sólida para a Xiaomi promover a inovação.

Smartphones premium impulsionam vendas e reconhecimento, impulsionando a margem de lucro bruto para um recorde

No terceiro trimestre de 2023, as remessas globais de smartphones diminuíram ligeiramente (1,1%) em relação ao ano anterior. As remessas de smartphones da Xiaomi desafiaram as adversidades, registando crescimento tanto em relação ao ano anterior como em relação ao trimestre anterior. As remessas globais de smartphones totalizaram 41,8 milhões de unidades, o nível mais alto nos últimos seis trimestres.

Durante este período, o negócio de smartphones da Xiaomi registou um crescimento de receita de 13,8% em relação ao trimestre anterior, atingindo mais de 5,3 mil milhões de euros (41,6 mil milhões de RMB). A margem de lucro bruto alcançou um recorde de 16,6%, um aumento de 7,7 pontos percentuais em relação ao ano anterior. Como parte integrante da estratégia central do Grupo, a Xiaomi continuou a avançar com a sua estratégia de premiumização, obtendo aclamação generalizada dos utilizadores e alcançando vendas notáveis. Em outubro, o Grupo lançou a Xiaomi 14 series na China continental. Nos primeiros cinco minutos, as vendas da Xiaomi 14 series atingiram seis vezes o volume inicial de vendas da Xiaomi 13 series, ultrapassando um milhão de unidades no período inicial de vendas e obtendo avaliações positivas de mais de 99% no JD.com. A Xiaomi lançou seis séries consecutivas de modelos de smartphones premium, incluindo a Xiaomi 14 series e todas receberam críticas muito positivas dos clientes no primeiro mês após o seu lançamento no mercado.

De acordo com a Canalys, a Xiaomi é a única marca entre as três principais a registar um aumento de um ano para o outro nas remessas neste trimestre, liderando o ressurgimento do crescimento. Com uma quota de mercado de 14,1%, a Xiaomi manteve a sua classificação como a terceira no envio global de smartphones por treze trimestres consecutivos. A marca ficou entre as três primeiras em 55 países e regiões e ficou entre as cinco primeiras em 65 países e regiões, reforçando o seu estatuto como líder na indústria.

A Xiaomi continuou a melhorar a eficiência do seu negócio de retalho. De acordo com dados de terceiros, no terceiro trimestre de 2023, os canais offline contribuíram com mais de 55% do total de unidades de smartphones premium vendidos na China continental. No mais recente festival de compras Double 11, o valor bruto acumulado de mercadorias (GMV – Gross Merchandises Value) da Xiaomi ultrapassou os 2,8 mil milhões de euros (22,4 mil milhões de RMB), estabelecendo um novo recorde durante festivais de compras.

Impulsionando o ímpeto de crescimento do segmento de IoT e produtos de lifestyle ao elevar a conectividade do produto a novos patamares

No terceiro trimestre de 2023, a receita dos produtos de IoT e lifestyle do Grupo foi superior a 2,6 mil milhões de euros (20,7 mil milhões de RMB), um aumento de 8,5% em relação ao ano anterior, e a margem de lucro bruto atingiu um recorde de 17,8%, um aumento de 4,3 pontos percentuais em relação ao ano anterior.

Os produtos do ecossistema da Xiaomi possuem a vantagem da interconectividade. A 30 de setembro de 2023, o número de dispositivos de IoT conectados (excluindo smartphones, tablets e computadores portáteis) na plataforma AIoT do Grupo atingiu os 699 milhões, um aumento de 25,2% em relação ao ano anterior; o número de utilizadores com cinco ou mais dispositivos ligados à plataforma AIoT do Grupo (excluindo smartphones, tablets e computadores portáteis) atingiu os 13,7 milhões, representando um aumento de 26% de um ano para o outro.

A área de smart TV da Xiaomi continua a manter a sua posição líder na China continental. De acordo com a All View Cloud (“AVC”), no terceiro trimestre de 2023, os envios de TVs do Grupo classificaram-se em primeiro lugar na China continental. Além disso, de acordo com a Canalys, os envios globais dos seus tablets aumentaram mais de 120% em relação ao ano anterior, entrando pela primeira vez no top cinco no ranking global de envios de tablets.

Em busca da excelência para reforçar a vantagem de liderança na internet

Impulsionada pela expansão do seu ecossistema inteligente e pela otimização contínua da eficiência operacional, a receita dos serviços de internet da Xiaomi atingiu mais um recorde trimestral, alcançando os mais de 995 milhões de euros (7,8 mil milhões de RMB), um aumento de 9,7% em relação ao ano anterior. A margem de lucro bruto dos seus serviços de internet atingiu os 74,4%, um aumento de 2,3 pontos percentuais em relação ao ano anterior. Os utilizadores mensais ativos (“MAU”) do MIUI a nível global e na China continental alcançaram recordes históricos. Em setembro de 2023, o MAU global do MIUI atingiu os 623 milhões, um aumento de 10,5% em relação ao ano anterior, enquanto o MAU do MIUI na China continental atingiu os 152 milhões, um aumento de 7,4% em relação ao ano anterior.

A estratégia de globalização da Xiaomi apresenta um potencial imenso. Durante o período, a receita proveniente de serviços de internet no exterior aumentou 35,8% em relação ao ano anterior, atingindo os mais de 293 milhões de euros (2,3 mil milhões de RMB), estabelecendo um recorde e representando 30% da receita total de serviços de internet. A receita de publicidade da Xiaomi no terceiro trimestre de 2023 superou os 690 milhões de euros (5,4 mil milhões de RMB), um aumento de 15,7% em relação ao ano anterior, estabelecendo outro recorde trimestral. Aproveitando a inovação operacional consistente, o negócio de jogos da Xiaomi cresceu ano após ano pelo nono trimestre consecutivo.

Atualização Estratégica para “Human x Car x Home”

No terceiro trimestre de 2023, as despesas de investigação e desenvolvimento (I&D) da Xiaomi atingiram os quase 639 milhões de euros (5 mil milhões de RMB), registando um aumento de 22% em comparação com o ano anterior. O grupo comprometeu-se a atrair e desenvolver talento tecnológico. A 30 de setembro de 2023, o Grupo contava com 17.563 profissionais de I&D, representando mais de 53% dos seus colaboradores. Além disso, a Xiaomi continuou a expandir as suas capacidades de propriedade intelectual para fomentar a inovação, tendo obtido mais de 35.000 patentes em todo o mundo até 30 de setembro de 2023.

Em outubro de 2023, a Xiaomi apresentou o seu novo sistema operativo, o Xiaomi HyperOS, um sistema operativo centrado no ser humano, projetado e adaptado para conectar dispositivos pessoais, carros e produtos inteligentes para casa num ecossistema inteligente. Com o Xiaomi HyperOS, o objetivo é alcançar uma Refatoração Abrangente para otimizar o desempenho do dispositivo, Conectividade Inteligente entre Dispositivos, Inteligência Proativa, Segurança de Ponta a Ponta e Plataforma Aberta. O núcleo do Xiaomi HyperOS é formado pelo sistema Xiaomi Vela, desenvolvido internamente pela Xiaomi, com uma personalização profunda do sistema Linux. O Grupo reestruturou módulos fundamentais, como programação de desempenho, gestão de tarefas, gestão de memória e gestão de ficheiros, resultando num impulso substancial de desempenho e eficiência. Para a Conectividade Inteligente entre Dispositivos, o Xiaomi HyperConnect, o seu framework proprietário avançado de Conectividade Inteligente entre Dispositivos, facilita ligações altamente eficientes entre vários dispositivos e promove uma colaboração máxima. O compromisso do Grupo com a Inteligência Proativa deu origem ao Xiaomi HyperMind, o seu centro cognitivo inteligente interdispositivos. O Xiaomi HyperOS dá um passo adiante ao suportar tecnologias avançadas de IA e permitir que os dispositivos ofereçam uma série de funcionalidades impulsionadas por IA. Quanto à Segurança de Ponta a Ponta, o ambiente de execução confiável (TEE – Trusted Execution Environment) desenvolvido internamente, operado em hardware dedicado, serve como base para o seu subsistema de segurança. A Xiaomi utiliza a criptografia de ponta a ponta através do TEE para a transmissão de dados entre dispositivos, estendendo o seu guarda-chuva protetor a módulos de segurança interconectados. Além disso, o Xiaomi HyperOS adere ao princípio de uma plataforma aberta. O Grupo estendeu convites abertos aos programadores de aplicações e hardware inteligente, concedendo-lhes acesso aberto ao Xiaomi HyperConnect, e também anunciou a disponibilização do código-fonte do Xiaomi Vela, capacitando programadores em todo o mundo para uma maior inovação e colaboração.

Sobre o autor

Fernando Costa

O Fernando é o diretor do InforGames. O seu primeiro computador foi o ZX Spectrum, e foi aqui que começou a interessar-se pelo mundo dos videojogos. Apesar de já ter jogado em várias plataformas, o PC continua a ser a sua plataforma de eleição. No que diz respeito a jogos, gosta de estratégia, corridas e luta.

O teu email não será publicado. Os campos de preenchimento obrigatório estão assinalados*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.