Incubeta reforça presença em Portugal e apresenta-se oficialmente ao mercado

Incubeta reforça presença em Portugal e apresenta-se oficialmente ao mercado

26 Visualizações
0

A Incubeta Portugal, parceira da Google ao nível das suas soluções de marketing digital, acaba de oficializar a sua presença em território nacional, investindo em recursos e numa equipa de especialistas digitais liderados por Guilherme Coelho, recentemente nomeado para dirigir a empresa no nosso país. A organização reforça, assim, a sua operação no mercado português, consolidando a sua estratégia ao nível dos serviços que disponibiliza, nomeadamente em Marketing Digital, com foco em Data Analytics, Conversation Rate Optimization (CRO), Análise de Dados e Data Science.

A Incubeta, a nível mundial, multiplicou o seu crescimento 20 vezes nos últimos 7 anos, registando uma evolução significativa em 2022, tendo sido adquirida em 2023 pelo prestigiado Carlyle Group. Esta evolução assenta sobretudo em pessoas, clientes e negócio, que gerou mais de 395 milhões de Euros em receita, 75 milhões de Euros em GP e um aumento de 42% no EBITDA. Em Portugal apresentou um crescimento a 3 dígitos nos últimos 2 anos, aumentando o número de clientes-chave dez vezes.

“A Incubeta Portugal foi criada em 2021, embora já existissem alguns clientes desde 2018, na altura, geridos a partir de Espanha. No início, era principalmente uma empresa de tecnologia relacionada com google marketing platform.  A partir de 2021 começou a focar-se em serviços de Data & Analytics, aproveitando os diversos Hubs de implementação do Grupo. Desde 2022 que tem recursos nacionais para ajudar os clientes a tirar partido deste ecossistema de Data, apresentando um crescimento expressivo e sustentado nos últimos 2 anos.”

A equipa que Guilherme Coelho irá agora liderar é constituída sobretudo por consultores de marketing digital especialistas em data e analytics, que projetam estratégias para os seus clientes. O objetivo final é sempre maximizar a eficácia dos investimentos digitais dos seus clientes, com a medição no centro das atividades.

O responsável admite que “o objetivo é aumentar a equipa e tornar-se numa das principais referências de data-driven marketing em Portugal. Somos o parceiro ideal para a jornada de maturidade digital dos nossos clientes, porque temos soluções de elevada qualidade tecnológica e um suporte internacional com experiência em grandes empresas. É muito interessante ver que quem nos contrata está connosco permanentemente, pois percebe o impacto que os nossos serviços têm no seu negócio”.

A empresa está focada em expandir os seus serviços no ecossistema Cloud, mais especificamente em Marketing Analytics e soluções de IA, o que requer investimentos substanciais. Hoje, encontra-se a crescer mais de 100% de ano para ano. O objetivo será atingir os sete dígitos num ou dois anos, com uma boa parte deste resultado a vir de serviços Cloud.

Atualmente, a Incubeta já se encontra a colaborar, a nível nacional, com as principais empresas de referência da área de retalho, transportes aéreos, seguros, produtos financeiros, media, telecomunicações entre outras.

A Incubeta foi fundada, a nível internacional, em 2001 e conta com uma equipa de mais de 900 criadores e pensadores focados em impulsionar o crescimento de mais de 1200 empresas através do digital. Presentes em 20 escritórios e com mais de 24 equipas in-market em todo o mundo, caracterizam-se por ser especialistas que utilizam o digital para alavancar e maximizar o potencial de crescimento de negócio dos seus clientes através de soluções digitais personalizadas.

Sobre o autor

Fernando Costa

O Fernando é o diretor do InforGames. O seu primeiro computador foi o ZX Spectrum, e foi aqui que começou a interessar-se pelo mundo dos videojogos. Apesar de já ter jogado em várias plataformas, o PC continua a ser a sua plataforma de eleição. No que diz respeito a jogos, gosta de estratégia, corridas e luta.

O teu email não será publicado. Os campos de preenchimento obrigatório estão assinalados*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.