Operation Wolf Returns: First Mission VR já está disponível

Operation Wolf Returns: First Mission VR já está disponível

14 Visualizações
0

A Microids e a Virtuallyz Gaming estão a celebrar o lançamento de Operation Wolf Returns: First Mission VR com um trailer que transporta os jogadores de volta ao mundo dos filmes de ação dos anos 80 com a sua jogabilidade de ação ininterrupta.

Operation Wolf, o jogo de arcada clássico de culto da TAITO de 1987, marcou toda uma geração de jogadores ao ser um dos primeiros jogos a oferecer ação de tiro em carris com deslocação lateral. Operation Wolf Returns: First Mission VR mantém-se fiel ao espírito do jogo original, ao mesmo tempo que estreia uma nova direção artística.

Na sua campanha de RV a solo, joga como um agente especial que combate uma nova organização criminosa. Para além do tráfico de armas e de droga, a organização, liderada pelo misterioso General Viper, desenvolveu uma nova e poderosa arma. Depois de descobrir várias das suas bases, serás enviado para desmantelar a organização, destruir a arma e libertar os reféns mantidos em cativeiro nos campos circundantes.

Operation Wolf Returns: First Mission VR já está disponível no Steam VR, Meta Quest 2, PlayStation VR 2, Pico 4 e será lançado em breve no GOG e na Epic Game Store.

Operation Wolf Returns: First Mission (versão não VR) também estará disponível no outono de 2023 em formato digital, bem como uma edição Day One na PlayStation 4, PlayStation 5 e Nintendo Switch. O jogo estará disponível exclusivamente em formato digital na Xbox One, Xbox Series S e PC.

Sobre o autor

Fernando Costa

O Fernando é o diretor do InforGames. O seu primeiro computador foi o ZX Spectrum, e foi aqui que começou a interessar-se pelo mundo dos videojogos. Apesar de já ter jogado em várias plataformas, o PC continua a ser a sua plataforma de eleição. No que diz respeito a jogos, gosta de estratégia, corridas e luta.

O teu email não será publicado. Os campos de preenchimento obrigatório estão assinalados*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.